Prefeitura Capa Meio
Andreza de Oliveira

Valda Costa: um cometa na arte de Santa Catarina

Câmara de Vereadores

Vivalda Terezinha da Costa, nascida em 20 de maio de 1951 no bairro Estreito, Florianópolis. Foi musa inspiradora de Martinho de Haro, enfermeira no hospital da Caridade, cabelereira, mãe de 6 filhos e artista plástica. Uma mulher que ousou sonhar e realizar seu desejo; mulher negra, moradora do Morro do Mocotó.

Com sua arte Valda Costa (como passou a assinar suas obras) frequentou as altas classes sociais de Florianópolis e passou a fazer parte das rodas de artistas a partir da década de 1970. Viveu  duas realidades: o morro e a alta sociedade; desta forma tornou-se uma referência na representatividade dos negros através da  Arte.

Sua carreira artística é vista por muitos como a passagem de um cometa: exuberante, marcante, forte, linda e rápida. Transtornos psicológicos e a sua morte precoce, aos 42 anos, interromperam sua tragetória.

DM Seguros
Dengo Produtos de Limpeza
Contape
Maderonchi

Foi autodidata; Valda manifestava talento para a pintura e desenho desde criança, mas foi quando começou a frequentar o ateliê de Martinho de Haro que  ampliou suas técnicas. Pintora e escultora, a artista criava maravilhosas obras onde retratava a si mesma e o seu cotidiano. Suas   criações encantam com a harmonia das cores e linhas. Em suas telas Valda podia colocar-se no “mundo” que desejasse viver, pintava cenas habituais do Morro do Mocotó, pintava o folclore ilhéu, o carnaval, pintou e esculpiu uma série de Madonas. Elevou os negros como os principais atores nas suas pinturas.

Possui uma ampla criação em período curto de anos, estima-se que 800 obras estejam espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. O Museu de Arte de Santa Catarina conta com um pequeno acervo de quadros da referida artista. E muitas outras peças encontram-se em mãos de colecionadores de arte.

Valda Costa era dona de si e do seu trabalho. Ela tinha a necessidade de sobreviver da sua arte, por isso escolheu comercializar pessoalmente suas obras,  sem o auxilio dos marchands, isso desagrou a muitos e dessa forma foi afastada aos poucos dos museus e das galerias de arte. Começou a negociar suas telas com valores abaixo do mercado para suprir suas necessidades financeiras. Com o passar dos tempos escolheu pseudonimos para assinar seus trabalhos ( Vivalda, Miguel Angelo e outros) para assim conseguir vendê-las com menor preço, pois muitas pessoas recusavam-se a pagar um baixo valor por uma obra com sua assinatura, pois reconheciam sua importância no mercado das artes.

Forte representante da arte Vivalda,  foi a imagem da força da mulher negra, artista determinada relizou seus sonhos, viveu paixões, percorreu belos lugares. Deixou uma obra incrível, desenhada com delicadeza e graça, com uma pitada de realidade e de fantasia.  Sua história pessoal e artística foi fascinante. Conhecer seu trabalho é um convite ao encantamento da alma.

Valda costa, 1980. Fonte, aqui. Data de Acesso: 29/04/2018.

Valda Costa, 1979. Fonte, aqui. Data de acesso: 29/04/2018.

“Morro”, Valda Costa, 1979. Fonte, aqui. Data de acesso: 29/04/2018.

Valda Costa. Fonte, aqui. Data de acesso: 29/04/2018.

Referências

Caminhos de  Valda. Direção de Marlon Aseff. Florianópolis: FCC ( Prêmio Cinemateca Catarinense). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=G5kf1k5bW1E>. Acesso em: 20/04/2018.

LINS, Jacqueline Wildi. Para uma História das Sensibilidades e das Percepções: Vida e Obra em Valda Costa. 2008. 297 f. Tese ( Doutorado em História Cultural)- Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Santa Catarina, na área de Políticas da Escrita, da Imagem e da Memória. Florianópolis, 2008. Disponível em: <http://livros01.livrosgratis.com.br/cp101800.pdf>. Acesso em: 23/04/2018.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e Processos de Criação. 6ª ed. Petrópolis: Vozes. 1987.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Spilere Serralheria G
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo