Prefeitura Capa Meio
Esportes

UFC: Mais de um quarto de século de campeões brasileiros

Foto: unsplash.com
Câmara de vereadores II

Através da história do UFC, grandes lutadores brasileiros subiram nos octógonos para colocar o nome do país no topo, e se tornar em lendas do MMA. Nesse contexto, existem lutadores como Royce Gracie, Anderson Silva e Amanda Nunes, que no seu tempo já escalaram posições no ranking da UFC, conquistaram vitórias e se tornaram campeões de suas respectivas divisões.

2019: o ano da oportunidade

No que diz respeito ao fato de o UFC já ultrapassar a marca de 25 anos, o site Combate destaca os brasileiros que já tiveram melhor performance no octógono ao longo do tempo, considerando o número de lutas, nacionalidades dos lutadores contra os quais têm lutado, e também a quantidade de vitórias e cinturões que já obtiveram.

Neste ranking histórico destacam-se os históricos Anderson Silva, Royce Gracie e Demian Maia, no entanto, na atualidade há lutadores que, através de sua dedicação ao esporte, buscam deixar sua marca no mundo do MMA no futuro. Nesse contexto aparece Paulo Borrachinha, que está lutando para subir no ranking do UFC, e em breve tem a oportunidade de encontrar a fama dentro do octógono.

Colinas Chocolatteria
Dengo Produtos de Limpeza
DM Seguros
Maderonchi

Isso porque em 17 de agosto ele vai se enfrentar com o veterano lutador cubano Yoel Romero, numa batalha a qual o brasileiro chega com 38% de chances a seu favor, de acordo com a casa de apostas esportivas Betway, no dia 6 de junho.

Caso obtenha uma vitória nessa luta difícil contra o número 2 do ranking dos pesos médios do UFC, Paulo Borrachinha poderia aspirar a ter uma oportunidade para o título de campeonato, dentro de uma divisão onde participam lutadores como o atual campeão Robert Whittaker, Israel Adesanya, ou o já consagrado Ronaldo Jacaré. Nesse contexto, o site Veja menciona os brasileiros que sonham com o cinturão do UFC neste ano de 2019, destacando as possibilidades que o próprio Ronaldo Jacaré tem nessa divisão, bem como a necessidade de uma ou duas vitórias desses lutadores brasileiros para ter a chance de lutar pelo título este 2019.

O caminho para a glória do UFC

Tornar-se um candidato ao título, e depois disso, obter o status de lenda dentro da UFC, é uma tarefa que requer muito trabalho, dedicação e sacrifício. Entre algumas das coisas que são necessárias para se tornar um lutador profissional de MMA, destaca-se a necessidade de ter uma mentalidade de campeão, disciplina dentro e fora do octógono, além de muito treinamento na academia e competições durante vários anos contínuos.

Durante este tempo de desenvolvimento, é necessário participar em campeonatos de artes marciais, como Jiu Jitsu, de modo a melhorar as habilidades físicas e técnicas mediante confrontos com lutadores de vários estilos. Depois disso, é que chega a oportunidade de participar de grandes eventos como a UFC, e de competir com os melhores do mundo nas artes marciais mistas. Como mencionado acima, o Brasil é um país que deu ao mundo do MMA alguns de seus melhores expoentes ao longo da história, e é esse status de destaque, o que trouxe grandes recompensas econômicas para esses campeões.

Com relação a isso, o site Gazeta do Povo publicou uma análise de quanto os brasileiros mais bem pagos do UFC ganham em média, considerando apenas o valor pactuado pelo contrato de lutas e deixando de fora a receita adicional referente aos pagamentos dos patrocinadores, direitos televisivos PPV e os bônus por vitória ou de nocaute/luta da noite. Até apenas um ano atrás, Júnior Cigano, Anderson Silva e Cris Cyborg já recebiam em média mais de R$ 1,93 milhão por luta, e com a grande difusão e crescimento que o UFC tem neste 2019, esses valores tendem a aumentar diretamente proporcionalmente. Em 2019 acontecerão grandes disputas do UFC no Brasil, o que permite que os lutadores brasileiros provem seu valor dentro desta competição e tenham a oportunidade de se consagrar como ídolos diante de seu público.

Os lutadores brasileiros têm sido fundamentais para ajudar o crescimento exponencial do UFC ao longo de sua história, e jovens talentos como Paulo Borrachinha buscam se tornar as estrelas do futuro, começando com a escalada no ranking da competição, a partir da conquista de vitórias em 2019.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Spilere Serralheria G
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo