Geral

Em visita à Santa Catarina, Dilma Roussef se compromete a ajudar cidades afetadas pelas chuvas

Presidente cumpriu agenda em Florianópolis neste sábado, 24.

O governador Raimundo Colombo recebeu a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Integração Nacional, Gilberto Magalhães Occhi, em Florianópolis, na tarde deste sábado, 24, para tratar das medidas de apoio aos municípios catarinenses prejudicados pelas chuvas deste mês.

O governador e a presidente tinham programado um sobrevoo pelo Estado e uma reunião em Rio do Sul com prefeitos das regiões afetadas, mas a programação foi cancelada devido a questões de segurança diante do tempo instável.

Contape
Maderonchi
Sabor D,Italia
Star Seguros
Dengo Produtos de Limpeza
Colinas Chocolatteria

“Apresentamos todos os dados e os pleitos dos prefeitos para a presidente, que foi sensível às demandas. Agora vamos esperar as águas baixarem para preparar um relatório completo, a ser entregue em Brasília para garantir a liberação dos recursos. A presidente se comprometeu com a liberação e pediu para o ministro Occhi agilizar o processo”, afirmou Colombo.

O governador ressaltou que o Governo do Estado está garantindo os recursos necessários para todas as ações emergenciais. E a parceria com o Governo Federal se dará para obras de médio e longo prazo, como recuperação de estradas, reconstrução de pontes e outras medidas de infraestrutura.

Cidades mais afetadas

Em Rio do Sul, onde foram realizadas reuniões técnicas ao longo do sábado, o secretário adjunto da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, acompanhou os trabalhos da equipe que continua monitorando toda a região. Moratelli lembrou que já são 98 cidades catarinenses em situação de emergência e mais de 30 mil pessoas afetadas. Ele informou que os níveis dos rios já estão baixando, mas ainda há registros de alagamentos em diferentes cidades e toda a equipe da Defesa Civil continua em prontidão diante da previsão de mais chuvas para os próximos dias.

“Nossa preocupação ainda existe porque estamos em período de El Niño e sua característica é a chuva recorrente. Estamos monitorando todos os rios e esvaziando os reservatórios da forma mais rápida possível”, explicou.

A presidente Dilma lamentou não poder participar da programação em Rio do Sul e informou que pretende retornar à região para inauguração da sobrelevação das barragens de Taió e Ituporanga, prevista para ocorrer até o final deste ano. Mesmo antes das obras finalizadas, a atual condição das estruturas já tem contribuído para minimizar o impacto das chuvas em Santa Catarina.

Francine Ferreira – Alexandre Lenzi
Foto: Roberto Stuckert e Julio Cavalheiro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo