Vitae
Sulcatel
Colunistas

Um Tigre com jeito de camaleão

Enfim, vieram as duas primeiras vitórias do Criciúma na Série B do Campeonato Brasileiro. Mais do que os seis pontos contra Avaí e Paysandu, os triunfos dão um respiro para o time na luta contra o rebaixamento e transmitem um pouco de confiança ao torcedor, tão maltratado nos últimos tempos.

O que mais chamou a atenção nas duas vitórias, porém, foi a característica “camaleônica” do time de Mazola Júnior. Tanto contra o Leão, como contra o Papão, a equipe soube se adaptar ao adversário e ao que a partida propôs para arrancar a vitória.

Basta comparar as estatísticas para percebemos essa situação: contra o Avaí, o Criciúma trocou menos passes (297, com 67% de precisão) do que contra o Paysandu (359, com 75% de precisão). Em finalizações, foram 15 contra os paraenses e 11 diante dos florianopolitanos. Nos chutes de dentro da área, porém, veio a maior surra: contra o Papão foram 11 e contra o Leão apenas um – o gol da vitória. Todos os dados são do Sofascore.

Da Soler Selo
MS Centro de Beleza
Car Vision
Up Treinamento
Coopera
Contape

Curiosamente, tanto Avaí, quanto Paysandu possuem estilos de jogo parecidos, a começar pelo sistema tático, o 3-4-3. Além disso, ambos presam pelo jogo sem a bola, explorando os desarmes na faixa central para rápidos contra-ataques pelas pontas. Isso foi neutralizado nas duas partidas e o Criciúma fez os dois times precisarem da bola para jogar. Tirando os adversários da zona de conforto, o Tigre se aproveitou e venceu.

Pela frente vem o Boa Esporte, que venceu só uma Série B e foi exatamente fora de casa – contra o Goiás. De semelhante aos últimos dois desafios somente o fato de querer jogar sem a bola. A diferença fundamental é que tanto Avaí, quanto Paysandu possuem modelos de jogo mais consolidados e o “jogar sem a bola” nada mais é que uma estratégia para tentar vencer. Imagino o time mineiro também sem a bola, mas para tentar arrancar um empate no Heriberto Hülse. Surge pela frente um desafio diferente que o Tigre camaleônico de Mazola Júnior terá de encarar.


Marka final pauta
Anuncie FN 2017
Dengo Produtos de Limpeza
Spilere Serralheria G
Coopera Rodapé
Topo