Economia

Tarifa da Celesc sofrerá reajuste médio de 13,86%

energia elétrica

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) acaba de anunciar o valor do Reajuste Tarifário Anual da Celesc Distribuição apresentando as novas tarifas de energia elétrica na área de concessão da Empresa. O Efeito Tarifário Médio, a vigorar a partir de 22 de agosto, será de 13,86%.

Para os consumidores residenciais atendidos em Baixa Tensão, o chamado Grupo B, que representa 78% dos consumidores da Empresa, o efeito médio a ser percebido do Reajuste será de 13,15%.

Para os consumidores atendidos em Alta Tensão, como indústrias e unidades comerciais de grande porte como Shopping Centers, o chamado Grupo A, o efeito médio será de 15,05%. Veja abaixo o resumo no quadro:

Net Lider
Contape
Maderonchi
Posto Bravo
Dengo Produtos de Limpeza

Celesc

Composição do Efeito Médio

Os itens que mais impactaram no cálculo do reajuste tarifário foram a elevação do custo com os Encargos Setoriais*, que sofreram variação de 21,44% entre agosto de 2017 e julho de 2018 (ciclo tarifário da Empresa), e o custo com a compra de energia, que sofreu variação de 11,06% no mesmo período. Esses valores representam, respectivamente, 4,77% e 5,08% na composição do Efeito Médio de 13,86%.

Também se destacam os componentes financeiros, em sua maior parte relacionados a despesas com compra de energia realizadas no ciclo tarifário anterior que ultrapassaram a cobertura tarifária prevista para o período, especialmente por conta do maior uso de geração térmica. Na composição do efeito médio de 13,86%, o item corresponde ao montante de 7,48%.

Já os valores referentes ao custeio dos serviços de distribuição, que equivalem a 13,6% do total da nova tarifa, e que são efetivamente gerenciados pela Celesc para a ampliação, operação e manutenção do sistema elétrico, além das despesas operacionais da Empresa, variaram apenas 1,86% e contribuem com 0,37% para o efeito médio do reajuste aferido pela Aneel.

“A tarifa paga pelo consumidor deve cobrir os custos de geração, transmissão, distribuição, encargos setoriais e impostos. Nesse contexto, a cada R$ 1,00 faturado pela Celesc, menos de 14 centavos ficam com a Empresa. O restante somente é repassado para quem de direito”, destaca o presidente Cleverson Siewert.

Reajuste X Inflação

No período de 2010 a 2018, o percentual da variação acumulado da tarifa residencial foi de 60,14% contra uma inflação de 62,75% para o IGP-M e 62,68% para o IPCA, indicador utilizado para a atualização dos custos operacionais da Distribuidora:

Saiba Mais

Reajuste Tarifário Anual é um dos mecanismos de atualização do valor da energia paga pelo consumidor de acordo com fórmula prevista no contrato de concessão. O seu objetivo é restabelecer o equilíbrio econômico-financeiro da concessionária.

Para aplicação da fórmula de reajuste são repassadas as variações dos custos de Parcela A, que são aqueles em que a distribuidora tem pouca ou nenhuma gestão. Por contrato, são os custos relacionados à:

  1. Compra de energia elétrica para atendimento de seu mercado;
  2. Valor da transmissão dessa energia até a área da distribuidora;
  3. Encargos setoriais.

No reajuste, os custos com a atividade de distribuição, que são aqueles geridos pela distribuidora e definidos como Parcela B, são corrigidos pelo índice de inflação constante no contrato de concessão (IPCA), deduzido o Fator X. Os itens de Parcela B são:

  1. Os custos operacionais das distribuidoras;
  2. Os custos relacionados aos investimentos (Remuneração) por ela realizados para a melhoria da qualidade;
  3. Quota de depreciação de seus ativos (investimento necessário na sua rede de distribuição para a manutenção do serviço de distribuição).

Estes valores são fixados pela ANEEL na época da revisão tarifária e são revistos a cada cinco anos. O objetivo do Fator X é avaliar os ganhos de produtividade da atividade de distribuição e capturá-los em favor da modicidade tarifária em cada reajuste.

Francine Ferreira – Heda Wenzel

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo