Colunistas

“A Sala das Borboletas”, de Lucinda Riley

Câmara de vereadores II

São quase 500 páginas de um romance inteligente e interessante de Lucinda Riley. Assim é A Sala das Borboletas que intercala presente e passado e apresenta uma história envolvente tendo Posy Montague como protagonista. Posy está perto de completar 70 anos e sem esperar, em poucos meses, sua vida tão regrada e com tantas convicções passa por uma mudança marcante, quando descobre alguns segredos.

Posy mora em Admiral House, uma mansão na Inglaterra onde passou parte de sua infância e ali criou seus dois filhos. O mais velho é casado, tem duas crianças e sonha em ter sucesso como empresário, mas seus negócios não dão certo e ele se torna um homem amargo. O filho mais novo é solteiro e foi morar na Austrália retornando depois de dez anos para iniciar uma nova vida e neste regresso também tem surpresas que irão fazer com que tenha que tomar decisões diferentes do que imaginou.

A protagonista apoia seu filho Sam, que mora na mesma cidade que ela, mas isso parece não ser suficiente. E um dia qualquer ela recebe uma ligação de Nick dizendo que está voltando. Neste mesmo período, Posy encontra Freddie, seu primeiro amor, e a amizade retorna, só que ela quer algo mais e percebe que ele tem um segredo e que logo vai saber porque ele a abandonou na juventude.

Contape
Thiago Auto Lavação
Dengo Produtos de Limpeza
Spilere Serralheria
Colinas Chocolatteria
Maderonchi

Paralelo aos acontecimentos da época em que Posy está vivendo, a autora conta partes da vida da protagonista para mostrar aos leitores o que ela viveu com base em sua percepção, assim fica mais fácil entender porque algumas pessoas tiveram atitudes estranhas e cada segredo que vai sendo dolorosamente revelado. As lembranças do pai que foi para a guerra, de quando morava em Admiral House em sua infância, o período que ficou com sua avó, o que pensava de sua mãe, o período na faculdade, seu amor, seu casamento, seu trabalho, suas decisões. Tudo isso o leitor vai conhecendo aos poucos no livro para entender toda a trama e chegar ao desfecho.

Posy é uma mulher forte que passou por situações difíceis na vida, mas nunca perdeu a alegria de viver. A personagem foi bem construída e a narrativa provoca curiosidade não só sobre a protagonista como também pelos personagens secundários. Tragédia, romance, segredo, amor e muito mais pode ser encontrado nesta saga familiar que é A Sala das Borboletas.

A Sala das Borboletas, de Lucinda Rylei – 480 páginas.

Livraria Fátima

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Spilere Serralheria G
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo