Prefeitura Capa Meio
Artigos

Recomendações para quem tem Casas para alugar

novas chaves, novas casas para alugar

Se você for proprietário e tiver um imóvel para alugar, é bom tomar nota de algumas recomendações para que tudo corra bem, sem problemas. Ter casas para alugar requer muito cuidado, m ais ainda hoje, que a porcentagem de pessoas que precisam alugar aumentou em relação àquelas que podem comprar.

A situação econômica do país e do mundo incide nas decisões de compra, venda e aluguel. O sonho da casa própria está cada vez mais distante de muitas e muitas pessoas, e o aumento da necessidade de encontrar casas para alugar torna a escolha mais complicada para evitar situações desagradáveis e problemáticas.

Contape
Spilere Serralheria
Dengo Produtos de Limpeza
Maderonchi
Da Soler Selo
ES Academia

É por causa disso que listaremos aqui alguns pontos importantes para que o proprietário possa alugar com tranqüilidade e segurança, sem sustos nem imprevistos que possam complicar a situação tanto do locatário quanto do locador.

Casas para alugar: cuidando todos os detalhes

Para começar, encontrar o inquilino ideal é o primordial, para fugir de problemas futuros. Mas ter a casa em ordem e acondicionada é igualmente importante. Por isso, é fundamental prestar atenção aos seguintes itens:

1) Inquilino ideal: é aquele que cuida da casa como sendo própria e paga o aluguel em dia. Mas, como encontrá-lo? Em primeiro lugar, procurar todo tipo de informação:

  • Por que aluga?
  • Onde trabalha?
  • Procurar nome no Serasa.
  • Referencias do trabalho.
  • Referencias de proprietários se alugou antes.

É importante deixar bem claro que todos esses dados irão ajudar, mas isso não quer dizer que um inquilino serio, honesto, responsável e com boas referencias, não possa vir a ter problemas futuros.  Mas isso pode acontecer com qualquer um. O importante é encontrar essa pessoa confiável, pois desse jeito os possíveis problemas futuros poderão não acontecer!

2) Pesquisar preços de alugueis antes de definir o seu. Se você for uma pessoa acostumada a alugar a sua casa, isso não será problema. Mas se for a primeira vez, provavelmente o fator emocional influencie no valor que quiser colocar. Por isso, o ideal é pesquisar na região os valores de uma forma geral, fazer um estudo de mercado nas imobiliárias, comparando preços de casas semelhantes à sua.

3) Estabelecer um contrato com cláusulas normais, cumprindo com a lei de aluguéis. Isso é fundamental para que ninguém tenha problemas no futuro, tanto você quanto o inquilino. Verificar:

  • Dados completos do locatário e do locador
  • Duração do contrato.
  • Data de pagamento mensal do aluguel.
  • Detalhar as despesas que serão da responsabilidade do inquilino.
  • Estabelecer 30 dias de antecedência ao fim do contrato para qualquer um das partes informarem se não deseja continuar com o aluguel.

4) Conhecer o inquilino pessoalmente. Isso é o ideal. Afinal de contas, será uma relação que durará um bom tempo e nada melhor do que conhecer a quem irá morar na sua propriedade. Isso proporcionará um elo de confiança para ambas as partes.

5) Fazer o inventario da casa. Isso é necessário se a casa não estiver totalmente vazia. Ou seja, se ficarem luminárias, armários, mesas, camas, aparelhos de ar condicionado ou calefação, por exemplo, é fundamental detalhar e anexar ao contrato. O ideal é também tirar fotos como complemento à informação.

6) Manter a casa em perfeitas condições. É fundamental entregar a casa em ótimas condições de moradia e limpeza. Checar eletricidade, canos de esgoto, se houver umidade, estado dos pisos, pintura nas paredes, fechamentos de portas e janelas. O inquilino irá checar isso tudo antes de assinar o contrato, é claro, e ter tudo em ordem facilitará todo o processo.

7) Se o inquilino for uma pessoa com capacidade física diferente (ou um familiar que morará com ele), certamente precisará acondicionar a casa para facilitar a vida dentro dela. Você pode permitir por contrato fazer essas modificações e solicitar que no fim dele, a casa seja devolvida como originalmente. Mas tudo deverá ficar documentado para evitar desentendimentos posteriores.

8) Se o seu inquilino for, finalmente, o inquilino ideal, tente manter um bom relacionamento. Essa é clave do bom negocio: manter dentro da sua propriedade alguém que cumpre com o contrato assinado e não causa problemas!

Em definitiva, uma casa bem acondicionada e um bom inquilino, farão do aluguel uma situação rentável e satisfatória para todos.

Por Redação Forquilhinha Notícias

casas para alugar: proprietário e inquilino

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Spilere Serralheria G
Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo