Alerta

O que muda na lei de crime de maus-tratos aos animais?

Na terça-feira (29), o presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.064/2020, que trata sobre o crime de maus-tratos aos animais de estimação, sendo que a lei está focada na prática de delito contra cães e gatos. A nova legislação agravará as punições para quem for flagrado cometendo esse crime.

De acordo com o advogado criminalista Diego Campos Maciel, a novidade na legislação está principalmente no aumento da pena. “A legislação especificava detenção de três meses a um ano e agora quem for condenado por esse crime poderá ser penalizado com pena de dois até cinco anos de prisão, além disso será multado e terá proibição para abrigar animais de estimação”, informa.

Conforme Campos a pena terá acréscimo em caso de morte do animal. “A ampliação varia de um sexto a um terço nessas situações. Dependendo dos antecedentes criminais o cidadão ser condenado em regime fechado. Além disso vale ressaltar que nesse tipo de ato criminoso, o agressor não será beneficiado por transação penal ou suspensão processual”, afirma o advogado.

Net Lider
Posto Bravo
Maderonchi
Dengo Produtos de Limpeza
Sabor D,Italia
Colinas Chocolatteria

Segundo o criminalista, a legislação será chamada de ‘Lei Sansão’, em memória a um cachorro que foi morto e teve duas patas mutiladas. “Essa lei é de autoria de Fabiano Contarato (Rede-ES) e é um avanço. Antes com uma pena mais leve as pessoas viam o crime como uma impunidade. Atualmente o animal de estimação para alguns é quase que um membro da família. Para termos uma noção, dados apontam que existem mais animais de estimação do que crianças nos lares brasileiros”, conclui.

Redação – Eduardo Souza

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo