Economia

Porto de Imbituba economiza R$ 1,8 milhão com mais segurança e vigilância

A partir de setembro, a SCPar Porto de Imbituba vai economizar, aproximadamente, R$ 1,8 milhão por ano com os serviços de segurança e vigilância patrimonial. A economia foi possível com a melhoria do processo licitatório, que contou com 11 empresas concorrentes, oito a mais em comparação à última licitação, realizada em 2016.

O contrato atual termina neste mês de agosto. A empresa vencedora, Vigilância Triângulo LTDA, apresentou uma proposta de cerca de R$ 2,6 milhões, valor 40% abaixo do acordo vigente, pela mesma qualidade do serviço prestado. O contrato será de 12 meses, contados a partir da sua assinatura, podendo ser prorrogado por até 60 meses.

Com a revisão do contrato, a SCPar Porto de Imbituba passa a economizar R$ 150 mil por mês. De acordo com o diretor-presidente do Porto, Jamazi Alfredo Ziegler, os recursos poupados serão usados para melhorar a infraestrutura do Complexo Portuário.

Maderonchi
Spilere Serralheria
Dengo Produtos de Limpeza
Colinas Chocolatteria
Thiago Auto Lavação
Contape

“O serviço é essencial para manter a segurança e o controle de acesso ao Porto e suas instalações. Temos 69 contratos vigentes e, desde o início do ano, estamos trabalhando na revisão de todos eles. Suspendemos alguns contratos, reduzimos o quantitativo de outros e continuaremos atuando nesta linha, sempre pautados pelos princípios do interesse público e da eficiência”, afirma Ziegler.

Outro aspecto defendido pelo diretor-presidente é a transparência nas licitações. Todas são transmitidas ao vivo pelo canal “SCPar Porto de Imbituba”, no Youtube. Todos os documentos referentes às licitações podem ser encontrados no site do Porto.

Francine Ferreira – Géssica da Silva

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Spilere Serralheria G
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo