Economia

Plano que norteará o desenvolvimento da Região Carbonífera é oficialmente iniciado

Universidade trabalhará junto aos 12 municípios da Amrec na formulação de plano estratégico.

Foi dada a largada oficial, na noite desta quarta-feira, 5, ao Plano de Desenvolvimento Regional da Amrec em parceria com a Unesc. De forma virtual, a Universidade reuniu suas lideranças, seu time de pesquisadores que estará engajado na formulação do plano estratégico, assim como os prefeitos dos 12 municípios que compõem a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) e lideranças políticas e empresariais da região. O evento transmitido ao vivo pelo canal da Unesc TV no YouTube e prestigiado por mais de 1,6 mil pessoas marca o início de um processo que promete entrar para a história do Sul Catarinense.

O início da concretização deste trabalho, para a reitora Luciane Bisognin Ceretta, é resultado de um trabalho que já vem sendo plantado por lideranças e neste momento se torna real pelo esforço conjunto. “Esse momento se consolida pela sensibilidade dos nossos gestores públicos municipais que, em tempos tão desafiadores e repletos de situações difíceis, tem a clareza e a sabedoria para planejar os caminhos futuros da nossa região”, salientou.

Contape
Sabor D,Italia
Net Lider
Thiago Auto Lavação
Posto Bravo
Colinas Chocolatteria

Ao longo dos próximos meses a Universidade, por meio de pelo menos dez pesquisadores, trabalhará em debates e pesquisas junto as equipes de todas as prefeituras em um processo que conta com 20 encontros, divididos em sete etapas de trabalho organizadas de forma clara. Conforme a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Gisele Coelho Lopes, já a partir do próximo dia 11 de agosto será iniciado o cronograma de encontros com as equipes de cada município, nos quais será iniciado o processo de apresentação de dados já coletados e analisados como pré-diagnóstico a ser aprofundado ao longo dos trabalhos.

No webinar de lançamento da ação os professores doutores que coordenam o Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico e Inovação, Thiago Rocha Fabris e Melissa Watanabe, tiveram a oportunidade de apresentar alguns dados regionais como a projeção de crescimento da população de PIB até 2030 para a Amrec, além de paralelos com macrotendências mundiais que levantam a reflexão sobre as formas pelas quais seria possível aproximá-las em prol do desenvolvimento.

O trabalho, conforme Thiago, será dividido nos quatro momentos de: Diagnóstico, Setores-chaves e eixos e objetivos estratégicos, Projetos estratégicos e Modelo de Governança, todos com número de encontros e datas pré-definidas. Diante do cenário imposto pela pandemia, por tempo indeterminado os encontros serão realizados de forma virtual.

A equipe engajada na proposta e apresentada no webinar é formada pelos profissionais Melissa Watanabe, Thiago Fabris, Igor Drudi, Camila Bardini, Almerinda Tereza Bianca Bez Batti, Sebastião Freitas, Alexandre Alves, Roberto M. Spolidoro e Yasushi Shima.

Além da participação dos pesquisadores e das equipes de cada município, conforme Gisele, o Plano contará com contribuições da comunidade por meio de uma Consulta Pública online.

Uma nova AMREC

O empenho da Unesc em prol da formulação do Plano, conforme a reitora da Instituição, é e será imensurável ao longo dos próximos meses. O trabalho, de acordo com a reitora, já foi iniciado com a pesquisa sobre todo o cenário da região, apresentada de forma breve nesta noite, aprofundada nos encontros com cada um dos municípios.

“Hoje nossa equipe apresentou a metodologia desenvolvida para elaboração do Plano de Desenvolvimento, cuidadosamente pensada com estratégias próprias para o momento que estamos vivendo. Nossos encontros não serão presenciais, mas serão plenos de desejo de construir um importante documento com projetos estratégicos que nos conduzam nos anos seguintes. Assim é a nossa Unesc, dedicada em prol da Universidade que amamos, mas além, em prol da região que amamos”, salientou Luciane.

Os protagonistas do momento, de acordo com Luciane, serão os 12 municípios por unirem forças por um planejamento concreto e que deixará legado.

Para o presidente da Amrec e prefeito de Cocal do Sul, Ademir Magagnin, as falas da noite desta quarta-feira, comprovam o grande potencial existente na região e a ideia de que o Plano de Desenvolvimento servirá como ferramenta de extrema importância para os próximos anos.

“Não há nenhuma região que consiga crescer de forma organizada e sustentável sem um planejamento forte. Junto da Unesc, a qual temos muito respeito ao seu potencial, assim como ao seu quadro de profissionais técnicos e pesquisadores que estarão engajados nesse plano, não temos dúvidas de que construiremos um marco histórico. Penso que teremos uma região Sul até 2020 e outra região Sul de 2021 para frente”, destacou.

O evento desta quarta-feira contou ainda com a participação do presidente da Associação Empresarial de Criciúma (ACIC), Moacir Dagostim. do presidente da Câmara de Vereadores de Criciúma, Tita Beloli; dos deputados Ada De Luca, Luciane Carminatti, Luiz Fernando Vampiro, Daniel Freitas, Ricardo Guidi, além dos senadores Jorginho Melo e Esperidião Amim.

 

Redação – Assessoria de Imprensa Unesc

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo