Vitae
Sulcatel
Segurança

Latrocida volta à prisão após flagrante em assalto

Audiência de custódia determinou que jovem permanecerá detido no Presídio Santa Augusta.

Um dos três indivíduos detidos em flagrante na noite da última quarta-feira, 6, por conta do assalto a um supermercado do Bairro Brasília, em Criciúma, é o mesmo jovem condenado, há alguns anos, pelo latrocínio do comerciante Luiz Ceolin Izidoro, de 49 anos, registrado em 2011 no Centro de Forquilhinha. Na época com 17 anos, o latrocida efetuou três disparos de arma de fogo contra o proprietário de uma joalheria e ótica, ao roubar o estabelecimento.

Por conta do flagrante da última quarta, o trio passou por uma de custódia no Poder Judiciário nessa quinta-feira, 7. Conforme o gerente do Presídio Santa Augusta, Rodrigo Ferreira, a Justiça determinou que todos permaneçam detidos na unidade prisional enquanto tramita a investigação e processo do caso.

Freedom
Contape
Dengo Produtos de Limpeza
Neoprint
Car Vision
Coopera

Os três foram presos no Centro de Criciúma após assaltarem um supermercado no Bairro Brasília e levarem mais de R$ 2 mil, além de celulares, carteiras e joias de pessoas que estavam no local. Durante a fuga, o grupo foi abordado e rendido por uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), nas proximidades da Rua Araranguá.

Liberado há menos de um mês

O latrocida em questão, preso novamente por conta do assalto, havia sido liberado do regime semiaberto para o aberto no último dia 17 de maio. Ele teve o pedido de antecipação da progressão de regime deferido pelo juízo 2ª Vara Criminal de Araranguá, por bom comportamento carcerário e por conta da atual situação de interdição do Presídio Regional.

No entanto, nesse regime aberto, o restante da pena do indivíduo deveria ter sido cumprido com certas condições: obtenção de ocupação lícita em 60 dias; apresentação mensal no cartório da Vara Criminal da Comarca em que reside; recolhimento domiciliar das 20h às 6h durante os dias de semana, e das 13h de sábado às 6h de segunda-feira nos fins de semana; e a obrigação de comunicar o juízo sobre eventual mudança de endereço.

Como as condições não foram cumpridas e o jovem se envolveu em mais um crime, retornou ao cárcere. De acordo com a Polícia Militar, contra ele já foram registrados 79 boletins de ocorrência.

Francine Ferreira


Spilere Serralheria G
Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Anuncie FN 2017
Coopera Rodapé
Topo