Esportes

Feito a alcançar: futebol tocantinense nunca teve um clube na Série B

foto 1

Desde a fundação da Federação Tocantinense de Futebol (FTF), o estado nunca teve um clube na Série B, apenas na terceira e quarta divisão nacional. Uma das grandes razões para isso é a falta de poderio financeiro para competir com agremiações que contam com uma maior capacidade de investimento no país, visto que o futebol tocantinense não atrai grandes patrocínios e esbarra na falta de tradição nacional, bem como na falta de engajamento junto aos próprios torcedores no estado.

De acordo com levantamento realizado pelo Datafolha, instituto de pesquisas do Grupo Folha, aproximadamente 50% da população do Tocantins torce para os dois clubes de maior torcida do Rio de Janeiro: Flamengo e Vasco. Pesquisa essa que retrata muito bem o cenário dos torcedores na região.

Uma das chaves para mudar esse panorama é a qualidade do Campeonato Tocantinense que, apesar de ter melhorado nos últimos anos, está longe de ser um produto comercial atrativo para os fãs locais.

Net Lider
Maderonchi
Posto Bravo
Contape
Dengo Produtos de Limpeza

foto 22

Palmas FR é o clube de maior tradição no estado

Fundado em 1997, o Palmas FR foi o primeiro clube profissional da capital do estado. Em 25 anos de história, a equipe acumula 8 títulos estaduais, com destaque para a trinca de troféus alcançada entre 2019 — ótima temporada que rendeu frutos para o ano seguinte — e 2021, que marcou o tricampeonato. Atualmente, nenhum clube do Tocantins tem tantas conquistas estaduais como o Palmas.

Na temporada passada, o clube disputou a Série D do Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu o tão sonhado acesso para a Série C. O time da capital jogou 14 partidas pelo grupo A2 da competição, terminando na sexta colocação, com 18 pontos somados.

Vale destacar que neste ano, o grande representante do futebol tocantinense na Série D é o Tocantinópolis, atual campeão estadual após bater o Interporto na decisão pelo placar agregado de 3 a 0.

O outro lado da moeda: o futebol tocantinense como provedor de atletas

Se a nível de clube o Tocantins não consegue tanto destaque, não dá para negar que o estado tem revelado bons jogadores para o futebol brasileiro nos últimos anos. Podemos tomar como exemplo Marlone, meia de 30 anos com passagens por grandes equipes do futebol nacional.

Natural de Augustinópolis, ele foi revelado pelo Vasco da Gama e era apontado como a grande promessa do time carioca no início da década de 2010 — como nota de curiosidade, é relevante apontar que o Vasco abriu as portas para mais tocantinenses nos últimos anos, como é o caso do lajeadense Vitor Lima.

Após se destacar no Rio de Janeiro, Marlone se transferiu para o Cruzeiro na temporada de 2014 e, logo em seu primeiro ano, ajudou a equipe mineira a conquistar a Série A do Campeonato Brasileiro.

Nos anos seguintes, ele rodou por vários clubes da primeira divisão do futebol nacional, como Fluminense, Corinthians, Sport e Atlético Mineiro. No entanto, oscilou em alguns momentos, teve problemas físicos e não conseguiu se firmar em boa parte desses times.

Sem clube desde o fim da temporada passada e aos 30 anos, a última equipe defendida por Marlone foi o Brusque, de Santa Catarina. O jogador tocantinense atuou em apenas sete partidas e viu o elenco escapar do rebaixamento para a Série C, campeonato em que o Próspera já tinha 18 jogadores em 2018.

Apesar de não ter tido muitas oportunidades, o momento do Brusque não era favorável para Marlone retomar a sua melhor forma física e técnica. É importante ressaltar que na temporada passada, assim como neste ano, a equipe catarinense era apontada nas prévias e pelos principais mercados de apostas no Brasileiro Série B como um dos times candidatos ao rebaixamento antes de iniciar a competição.

Nos últimos meses, Marlone recebeu sondagens de times da Série A e da Série B do futebol brasileiro. Porém, ainda não existe nenhum acerto encaminhado para o atleta voltar a defender uma equipe em nosso país.

foto 3

Quem é o principal representante do futebol tocantinense atualmente?

Atualmente, o principal destaque do futebol tocantinense é o ponta-direita Luiz Fernando. Revelado pelo Tocantinópolis, o atleta ficou conhecido após se destacar pelo Atlético Goianiense, em 2018.

Sua ótima temporada pelo clube goiano chamou atenção de grandes times do país, levando-o a se transferir para o Botafogo, do Rio de Janeiro, em 2018. Na temporada de 2019, o ponta foi titular pelo clube carioca e teve boas aparições no Brasileirão daquele ano.

Entre 2020 e 2021, o jogador defendeu as cores do Grêmio, uma das maiores agremiações do futebol sul-americano. Nesta temporada, Luiz Fernando, hoje com 25 anos, voltou para o time onde viveu a sua melhor fase na carreira: o Atlético Goianiense.

Treinado pelo experiente Jorginho, Luiz Fernando tem sido utilizado com frequência pelo técnico nas partidas da Série A. Dessa forma, o tocantinense deverá ser peça importante para o Atlético Goianiense, que tem como principal objetivo permanecer na elite do futebol brasileiro.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo