saúde

Falta de medicamentos deve ser resolvida pela Secretaria de Saúde de Forquilhinha em dez dias

Cidadãos vem registrando o problema nas últimas semanas.

Cia da Saúde
Spilere Serralheria
Contape
Drogaria Gabrielly

A população forquilhinhense tem registrado a falta de alguns medicamentos, tanto nas unidades de saúde dos bairros, quanto na Farmácia Central do município nos últimos dias. De acordo com o secretário de Saúde, Diego Passarela, são duas situações distintas.

De um lado, há remédios controlados cujo atraso é de responsabilidade do Governo do Estado, tendo a administração municipal que aguardar o envio; e de outro, o que é de responsabilidade da prefeitura. “Nesta última situação, um pedido emergencial já foi feito e aprovado pelo prefeito, Dimas Kammer (PP), para que medicações sejam adquiridas e distribuídas com urgência, até o término do processo licitatório, que está definindo a empresa que ficará responsável pelo repasse”, explica Passarela.

O prazo dado pelo secretário para regularização do problema é de aproximadamente dez dias.

Francine Ferreira


Topo
Inline
Inline