Prefeitura Capa Meio
Economia

Exportações catarinenses batem recorde no acumulado de janeiro a maio

Câmara de Vereadores

Os cinco primeiros meses do ano foram de bons negócios para os exportadores catarinenses. De janeiro a maio, o Estado vendeu para o exterior um total de US$ 3,77 bilhões, o que representa um recorde em valores nominais para o período e um crescimento de 12,2% em relação aos mesmos meses de 2018. A importação também cresceu 12%, para um total de US$ 6,8 bilhões. Os números são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e foram compilados pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc).

Em relação aos produtos exportados, o principal destaque ficou com a venda de carne de aves e suína, que cresceram 70,9% e 37,4%, respectivamente. São justamente esses dois itens que respondem pela maior parte da pauta de exportação, com 24% de participação e 7,8%, especificamente.

Quando se fala apenas sobre o mês de maio, as exportações somaram US$ 872 milhões, alta de 26%. Os principais destinos dos produtos catarinenses são os Estados Unidos (14%), a China (12%), o Japão (5%), a Argentina (4%) e o México (3%).

Maderonchi
Spilere Serralheria
ES Academia
Dengo Produtos de Limpeza
Contape
Da Soler Selo

Na visão do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, o resultado de janeiro a maio pode ser creditado à diversidade e pujança da economia catarinense, que responde ao atual momento com números superiores à média brasileira.

“São números a ser comemorados. A economia catarinense possui um patamar diferenciado. Estamos lutando para atrair ainda mais investimentos para que resultados como esse sigam se repetindo”, apontou o secretário.

Francine Ferreira – Leonardo Gorges

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Spilere Serralheria G
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo