Colunistas

“A Costureira de Dachau”, de Mary Chamberlain

O livro A Costureira de Dachau, de Mary Chamberlain, conta como a ambição e a inocência de uma garota sonhadora a levou para Paris no dia que estourou a guerra e depois disso sua vida não foi mais a mesma. Então com 19 anos, apaixonada por um homem sedutor, aparentemente rico e misterioso, Ada Vaughan era uma costureira talentosa e não teve dúvidas em aceitar passar o fim de semana com ele em Paris. Ela é de uma família humilde de Londres e vivia em meio a mulheres com melhores condições financeiras que ela e isso alimentava seu sonho de abrir seu próprio negócio, ser famosa e rica, então mente para seus pais e acredita que não terá problema com isso.

Só que o que parecia ruim poderia piorar. Um dia ela é levada para a casa de um comandante e se torna uma escrava costurando, lavando, limpando e fazendo o que mandam. Trancada em um quartinho, vive ali por anos fazendo o melhor que pode para continuar viva. São tempos difíceis, de privação, de solidão, frio, fome, de sofrimento, mas Ada continua sua vida alimentando seu sonho de abrir seu negócio. E quando se vê livre, está debilitada e é cuidada novamente pelas freiras até que retorna para Londres onde consegue recomeçar.

Em Paris com Stanislau, Ada tem que trabalhar e sustentar os dois e ela consegue um emprego também como costureira, aprendendo e fazendo o que gosta. Isso é 1939 e quando chegam em Namur, na Bélgica, Ada se vê em meio a um bombardeio e é salva por freiras que a ajudam a seguir a vida. Disfarçada de freira e por ser inglesa, a garota vai parar na Alemanha junto com outras religiosas e ali passa necessidades, tem que fazer um trabalho difícil, mas tem as freiras como companhia.

Net Lider
Maderonchi
Sabor D,Italia
Banana Motos
Star Seguros
Colinas Chocolatteria

Tudo o que passou na guerra não foi suficiente para Ada aprender. Sua ingenuidade a leva novamente para caminhos sombrios e ela se envolve e acredita em pessoas erradas a levando para a prisão em 1948. Ada continua sonhando, quer ter seu negócio e precisa de dinheiro para isso e encontra meios para conseguir, mas nunca achou realmente que o que estava fazendo era tão errado.

Este livro tem poucos personagens, o foco é mesmo em Ada e sua curta história. A autora conseguiu criar a personagem de forma que o sentimento em relação a ela seja conflitante, afinal, porque ela segue esses caminhos duvidosos? E o final não poderia ser diferente, a própria Nota História, encerrando a obra, prova isso. Naquela época as mulheres eram vistas de forma totalmente diferente de hoje e assim foi escrito o livro, que é uma ficção. A Costureira de Dachau é drama, para quem gosta do gênero vale a leitura.

A Costureira de Dachau, de Mary Chamberlain – 285 páginas.

Livraria Fátima

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo