Economia

Coopera continua com a tarifa mais barata do Brasil, mesmo após reajuste

27 01 Coopera

As novas tarifas de energia elétrica da Cooperativa Pioneira de Eletrificação – COOPERA, com sede em Forquilhinha,  passam a vigorar a partir deste mês, após reajuste tarifário anual da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O efeito tarifário médio, em vigor a partir do último dia 01/11, será de 10,79%. A COOPERA teve suas tarifas de alta tensão para indústria (Grupo A)  reajustadas em média 14,27%, já para as unidades consumidoras residenciais (Grupo B), o índice médio ficou em 5,21%. Mesmo com o reajuste, a COOPERA conseguiu manter a tarifa mais barata do Brasil.

O presidente da COOPERA, Walmir Rampinelli, comemora a decisão, já que o reajuste teria um efeito médio de 20% aos consumidores. Ele explica que a metodologia de calculo do reajuste estava sendo discutida na Audiência Pública nº 35/2017  da ANEEL, que acatou o pedido das cooperativas de eletrificação e  baixou de 20 para 10% o efeito médio de aumento de tarifas. “Entramos com um recurso administrativo para suspender a aplicação das tarifas em setembro e tivemos êxito com a redução do efeito médio em 10%.”, explicou.

Para o presidente Walmir Rampinelli, a busca para manter o subsídio  e tentar reduzir o efeito tarifário para os associados foi incansável. Um trabalho iniciado quando da vinda do Ministro de Minas e Energia (MME)  Fernando Bezerra Coelho, a Criciúma, em julho, onde na ocasião Rampinelli entregou ao ministro um documento das cooperativas de eletrificação reivindicando a manutenção dos subsídios.

Maderonchi
Contape
Net Lider
Dengo Produtos de Limpeza
Posto Bravo

O presidente também participou em julho, em Brasília, juntamente com a comissão formada pelos presidentes de cooperativas de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, paramentares catarinenses e representantes da OCB (Organização das Cooperativas do Brasil) de uma audiência com o secretário de Energia Elétrica, Fábio Lopes Alves. Em agosto, uma nova audiência no Ministério de Minas e Energia (MME) foi realizada com a comissão para dar continuidade a discussão e encaminhar o pleito a ANEEL com a aprovação do MME.  “Todo o esforço da comissão e as inúmeras idas à Brasília valeram a pena porque o objetivo foi atingido e nossa conquista foi em prol dos nossos associados”, salientou.

Reflexo total será sentido em dezembro

O presidente lembra que, em novembro, já iniciam as medições com o novo reajuste. “Os consumidores irão observar um reflexo parcial do aumento em novembro e total em dezembro, dependendo do dia da leitura do consumo nas unidades residenciais”, disse.

A COOPERA atende 23 mil associados/consumidores nos municípios de Forquilhinha, Nova Veneza e Criciúma. Ao calcular os índices de reajuste, a ANEEL considera a variação de custos que a empresa teve no decorrer do período de referência. A fórmula de cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição e outros como energia comprada, encargos de transmissão e setoriais.

Francine Ferreira – Débora Cândido

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo