Óticas Carol
Sulcatel
Óticas Carol 2
Infraestrutura

Conselho comprova fim do mau cheiro na Estação de Tratamento de Esgoto da Santa Luzia

Odonto Excellence

A pedido do Conselho Municipal de Saneamento Básico (Consab), nove dos 16 integrantes da entidade vistoriaram a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro Santa Luzia, em Criciúma. O objetivo era checar os resultados da reformulação realizada pela CASAN para eliminar o cheiro exalado pela unidade.

“Passo sempre em frente da Estação e, depois da reforma, já parei o carro para tentar sentir o cheio de antes, mas não senti mais”, disse Luiz Juventino Selva, presidente do Conselho, após a visita realizada no início do mês, traduzindo também o sentimento dos demais integrantes da comitiva. “Mudou e melhorou muito.”

O Consab tem caráter consultivo das atividades decorrentes da execução da Política Municipal de Saneamento e auxilia na elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico. Durante a inspeção, o superintendente Regional de Negócios Sul/Serra da CASAN, Vilmar Tadeu Bonetti, mostrou em um recipiente a qualidade do efluente tratado, que cumpre todas as exigências legais e ambientais.

Stylo Bike
Agro Dino
Cia da Saúde
Ri Cred
Coopera
Thiago Auto Lavação

“Foi muito melhor do que eu esperava, realmente estão de parabéns por este investimento. Não tem nenhum tipo de odor”, disse o engenheiro Guilherme Colombo, chefe de Departamento da Secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana.

A melhoria com o novo sistema de aeração, conhecido como Lodos Ativados, deixou no passado as reclamações de maus odores da população.  Se no sistema anterior, de Filtros Percoladores, a aeração era feita de maneira natural, a nova estrutura utiliza um sistema mecanizado com aeração forçada, por meio de sopradores de ar. Este novo sistema proporciona mais aeração, evitando a geração de odores, mais comum em sistemas com pouco oxigênio.

A tecnologia usada na ETE Santa Luzia é semelhante à aplicada no tratamento de esgotos da Barra da Lagoa, em Florianópolis. A mudança no sistema de aeração exigiu também alterações estruturais nos tanques existentes, para que estes aumentassem sua capacidade.

A obra que começou em abril do ano passado já se encontrava desde fevereiro em pré-operação.  Em julho passado, o diretor-presidente da CASAN, Valter José Gallina, visitou a ETE com vereadores do município e a imprensa para mostrar os resultados do investimento de R$ 4,6 milhões na revitalização da unidade.

Francine Ferreira – Arley Reis

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Spilere Serralheria G
Anuncie FN 2017
Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé
Topo