Tecnologia

Como usar computadores e celulares por mais tempo sem prejudicar a saúde

As recomendações em relação aos usos das tecnologias sempre foram claras: para não prejudicar a saúde, o ideal é evitar passar muito tempo no computador e no celular. No entanto, com a pandemia, a tecnologia revolucionou a produtividade e isso ficou quase impossível, considerando que muitos dependem destes dispositivos para trabalhar, estudar e manter contato com amigos e familiares. Então, preparamos algumas dicas para que você continue utilizando os equipamentos com o menor risco possível para o seu corpo.

O primeiro tipo de problema a ser evitado é o de visão. Passar muito tempo em frente às telas pode realmente prejudicar as vistas, começando com sintomas leves, como olhos secos, fadiga visual, irritação e coceira, indo até doenças mais graves e, nos piores casos, irreversíveis. Para diminuir os danos, os próprios aparelhos oferecem algumas funcionalidades. Se você precisa utilizá-los por muito tempo no período da noite, o ideal é reduzir o brilho da tela ou colocar no modo noturno, que funciona como um filtro que muda as cores exibidas para torná-las mais leves.

Além de evitar os possíveis problemas oftalmológicos, a diminuição do brilho à noite também é fundamental para manter a boa rotina de sono. As luzes das telas inibem a produção de melatonina, que é o hormônio responsável por causar o sono no horário correto.

Dengo Produtos de Limpeza
Net Lider
Maderonchi
Star Seguros
Posto Bravo
Banana Motos

Você também deve ficar atento à distância entre o seu olho e a tela. No caso dos computadores, o ideal é arrumar a mesa e a cadeira para que você fique a pelo menos 50 centímetros de distância do monitor. Piscar os olhos frequentemente pode ajudar a diminuir a sensação ruim trazida pela secura nos olhos. Parece óbvio, mas temos a tendência de esquecer do ato e piscar menos enquanto estamos ocupados no computador ou smartphone.

A ergonomia é outro ponto fundamental para evitar problemas de saúde. Com a adoção emergencial do home office no ano passado, muita gente passou a trabalhar em cadeiras comuns, o que rapidamente pode causar fortes dores nas costas. Para evitar esta situação, o ideal é ter uma cadeira ergonômica. A cadeira certa depende muito do seu peso e tamanho, por isso é importante testar antes de comprar.

Um levantamento do portal de auxílio ao consumidor REVIEWBOX mostrou que os brasileiros realmente sentiram os efeitos de trabalhar na cadeira errada. As buscas virtuais por cadeiras ergonômicas aumentaram muito durante os picos da pandemia: a procura pelo item subiu 418% entre fevereiro e março do ano passado, e 257% entre dezembro de 2020 e março de 2021.

Mas, não é só a cadeira certa que pode ajudar na ergonomia. Tudo deve ser ajustado ao seu tamanho, para que a posição de uso do computador seja a correta – desde a altura da mesa, até a distância entre os objetos. Por fim, vale ressaltar a importância das pausas para quem precisa utilizar os equipamentos por muito tempo. Levantar pelo menos uma vez a cada 50 minutos já ajuda bastante a evitar problemas de saúde.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo