FORQUILHINHA Previsão do Tempo
Educação

Unesc conquista o topo e é referência em Internacionalização do Ensino no estado

Unesc

O resultado é do Ranking Universitário Folha (RUF), promovido pelo jornal Folha de São Paulo.

A Unesc solidifica sua posição como líder entre as instituições de ensino em Santa Catarina, sobretudo na área de Internacionalização, ao alcançar o topo entre as não estatais do estado, segundo o Ranking Universitário Folha (RUF) do jornal Folha de São Paulo.

Com um total de 48 acordos internacionais estabelecidos, a Unesc garantiu o 12º lugar nacional em Internacionalização entre as universidades não estatais do país. Esse marco é resultado direto dos investimentos feitos pelos docentes em citações internacionais e em publicações com coautoria internacional.

Contape
Net Lider
Dengo Produtos de Limpeza
Credisol
Maderonchi

Segundo a reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, esses números reforçam o comprometimento da Unesc em fortalecer suas conexões globais, consolidando sua posição como uma instituição de destaque tanto no cenário acadêmico nacional quanto internacional.

“Seguindo um caminho de excelência, a Unesc reitera seu compromisso com a qualidade educacional, o avanço acadêmico e a integração global. Isso abre portas para novas oportunidades e colaborações em um mundo cada vez mais globalizado”, disse Luciane.

Segundo a pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação, Extensão e Inovação, Gisele Coelho Lopes, essa conquista se dá pela excelência na pesquisa que impacta no desenvolvimento da ciência de alto nível no cenário nacional e internacional. Temos cientistas amplamente respeitados em diferentes áreas do conhecimento com amplo reconhecimento nos seus campos de investigação. A Internacionalização na Unesc vai além de um acordo internacional. Nosso propósito é oportunizar experiências únicas que agreguem na formação dos nossos estudantes a partir da mobilidade acadêmica para outros países, pesquisas conjuntas com cientistas internacionais, troca de experiências internacionais, formação bilíngue por meio da nossa Escola de Idiomas, além de outras parcerias com universidades estrangeiras como a dupla titulação.

“Essa integração fortalece a Instituição e promove colaborações e projetos conjuntos. A atuação da Unesc se estende regionalmente, mas se projeta internacionalmente. Acreditamos firmemente que é dessa maneira que nos transformamos, tornando-nos não apenas uma Instituição de excelência, que atua fortemente na região, mas também compartilhando ativamente nossas conquistas e contribuições com a comunidade”, menciona.

Para a coordenadora do Escritório de Relações Internacionais da Universidade, Vanessa Moraes de Andrade, os acordos internacionais não apenas ampliam as oportunidades de aprendizado e pesquisa, mas também enriquecem a formação acadêmica, proporcionando um intercâmbio cultural valioso tanto para acadêmicos quanto para professores.

Segundo ela, as citações internacionais referem-se às vezes em que o trabalho acadêmico ou científico de um autor é referenciado em publicações de outros autores ao redor do mundo. “Isso demonstra o reconhecimento e a relevância do trabalho em um contexto global”, disse

Já as publicações com coautoria internacional se referem a trabalhos acadêmicos, artigos ou pesquisas produzidas por dois ou mais autores de diferentes países. “A colaboração internacional é valorizada no meio acadêmico por trazer perspectivas diversas, conhecimento especializado de várias regiões e fortalecer a credibilidade e o alcance das publicações. Essas oportunidades vão além dos limites do ensino. Conviver com pessoas de diferentes países e culturas oferece uma contribuição inestimável para o desenvolvimento tanto dos estudantes quanto dos nossos professores. Isso é tão significativo que o ranking considerou dois aspectos importantes: as citações internacionais feitas pelos professores e as publicações realizadas em colaboração internacional”, destacou, acrescentando a importância das  oportunidades de aprendizado internacional oferecidas pela Unesc

Experiência na Unesc

A doutoranda Jordana Mariot Inocente, de 29 anos, da Unesc, é um exemplo notável. Ela desfrutou de uma experiência enriquecedora ao passar nove meses no Instituto de Cerâmica e Vidro (ICV) em Madri, Espanha, como parte fundamental de seus estudos de doutorado.

Além das atividades laboratoriais, Jordana participou ativamente de seminários e cursos ministrados por empresas de renome e especialistas do setor, contribuindo significativamente para o desenvolvimento de sua pesquisa. Ela destaca um momento crucial em sua trajetória acadêmica: sua participação na Conferência da Sociedade Europeia de Cerâmica em Lyon, França.

“Neste evento, tive a oportunidade de apresentar parte de minha pesquisa por meio de um pôster. Essa participação representou um ponto alto em minha jornada acadêmica, possibilitando interações valiosas com renomados ceramistas e cientistas de materiais de todo o mundo”, compartilhou Jordana.

Além do enfoque acadêmico, Jordana enfatiza a relevância das experiências culturais durante seu período de estudos no exterior. “Viver um intercâmbio vai muito além do aprendizado acadêmico. Conhecer uma cultura distinta, dominar outra língua e imergir em uma cidade diferente são experiências enriquecedoras. O resultado desse tempo vivido fora do país é uma transformação essencial em nossa perspectiva de mundo”, destacou Jordana, ressaltando o impacto significativo que essa vivência teve em seu crescimento pessoal e acadêmico.

Sobre o RUF

De acordo com o RUF, um dos mais renomados instrumentos de avaliação acadêmica do país, divulgado recentemente, a Instituição de Ensino Superior (IES) Comunitária do Sul se consolida como a melhor Universidade não estatal de Santa Catarina, posicionada entre as 20 melhores não estatais do Brasil.

A coleta das informações que resulta no ranking é realizada a partir da utilização de dados nacionais, internacionais e duas pesquisas de opinião realizadas pelo Instituto Datafolha. A edição 2023 da pesquisa avaliou todas as 203 universidades brasileiras. Para qualificação, consideram-se os critérios de Ensino, Pesquisa, Mercado, Inovação e Internacionalização.

Hora de garantir a vaga na sonhada graduação

 As matrículas para os cursos de graduação da Unesc já estão abertas aos interessados em ingressar em 2024. Para iniciar o sonho de entrar na Universidade não é necessário realizar vestibular, com exceção do ingresso no curso de Medicina. Basta ter histórico escolar em mãos, documentos de identidade e o desejo de dar o primeiro passo.

Para posteriormente concorrer a bolsas de estudo, entre elas do programa estadual Universidade Gratuita, é necessário que o estudante já esteja matriculado, ou seja, é importante que garanta a vaga no curso desejado.

Na página unesc.net/graduação é possível acessar todas as opções em graduação presencial e os diferenciais de cada um. Mais informações sobre ingresso podem ser feitas pelo contato (48) 999 150 433.

Redação – Daniela Savi


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo