E-mails @forquilhinha
Segurança

Região Carbonífera já registra cinco homicídios em 2018

Último caso foi registrado no fim da noite de terça-feira, quando um homem foi assassinado em Orleans.

O mês de fevereiro ainda nem chegou até a metade e, na região carbonífera, o número de homicídios em 2018 já chega a cinco casos. O último assassinato ocorreu no fim da noite de terça-feira, por volta de 23h20min, quando um homem foi morto em Orleans. No comparativo, conforme o Instituto Médico Legal (IML) de Criciúma, em todo o ano de 2017 foram registrados 40 ocorrências do tipo.

O homicídio de Orleans aconteceu na comunidade de Três Barras e a vítima foi identificada pelo IML como sendo Jadson Michels Duarte, de 30 anos. Os peritos ainda determinaram a causa da morte por choque hemorrágico traumático e hemorragia no fígado, ocasionados por um golpe de facão no abdômen.

Anunciar 2017 – 200px
Spilere Serralheria
Coopera
Cia da Saúde
Contape
Dengo Produtos de Limpeza

Conforme a Polícia Militar, a Central de Emergências recebeu uma ligação informando que um indivíduo havia sido esfaqueado na comunidade. Durante o deslocamento, a guarnição cruzou com o veículo de uma testemunha dos fatos, que transportava a vítima na tentativa de chegar ao hospital. Na sequência, o Corpo de Bombeiros foi encontrado e iniciou o atendimento, mas o homem já estava em óbito, motivo pelo qual o IML foi acionado.

Autor do crime encontrado

No mesmo momento, guarnições da Polícia Militar de Orleans e Lauro Müller foram até a residência do indivíduo apontado como autor do homicídio. Ele foi encontrado no local, em posse da arma do crime, mas alegou legítima defesa, argumentando que teve uma discussão com a vítima e efetuou um golpe de facão para se defender.

No entanto, o autor recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, que passa a investigar o caso.

Demais homicídios

Além desse último, em Orleans, a região carbonífera já havia registrado outros quatro homicídios desde o início do ano. Na noite da última segunda-feira, dois homens identificados como Marcos Back, de 31 anos, e Paulo Cezar Padilha, de 29 anos, foram assassinados a tiros no mesmo momento e local, em Criciúma.

Antes disso, Iraci Alves Schaucoski, de 51 anos, foi morto a facadas em um supermercado do Bairro Mina Flourita, em Morro da Fumaça, no dia 2 de fevereiro. Por fim, o primeiro homicídio de 2018 foi registrado também em Criciúma, no dia 6 de janeiro, quando o empresário Renato Rosa Laurindo morreu vítima de disparos de arma de foto no Loteamento Buenos Aires.

Francine Ferreira


Dengo Produtos de Limpeza
Anuncie FN 2017
Marka final pauta
Spilere Serralheria G
Coopera Rodapé
Topo