Geral

Programa de inclusão começa a ser implantado na JBS Foods Forquilhinha

A Unidade Forquilhinha da JBS Foods está implantando o Programa Inclusão, com o objetivo de ampliar a oferta de oportunidades às pessoas com deficiência (PcDs) e reabilitados do INSS. O programa faz parte de uma ação nacional da empresa e foi lançado em modo piloto em quatro unidades da JBS, sendo Forquilhinha uma delas, e vai se estender posteriormente para outras 41 da empresa.

O programa foi iniciado com a apresentação dele para as lideranças da empresa e também para entidades que atuam com foco no desenvolvimento social, educação e atendimento a pessoas com deficiência.

Prefeituras de Forquilhinha e Criciúma, com suas secretarias de Saúde, Educação, Desenvolvimento Social, Apaes, Instituto Diomício Freitas, Sine e INSS foram algumas das entidades que conheceram o programa.

Colinas Chocolatteria
Maderonchi
Net Lider
Dengo Produtos de Limpeza
Sabor D,Italia
Thiago Auto Lavação

“Inclusão é algo que está além das paredes da empresa, envolve a família, envolve a sociedade. Portanto, precisaremos da parceria de todos”, afirma a gerente de gestão da JBS Foods, Diná Carvalho.

De acordo com dados de 2010 do IBGE/FBB/FGV, em Forquilhinha existem 5.373 pessoas com algum tipo de deficiência (23,82% da população), em Santa Catarina 1.333.416 pessoas (21,34%) e no Brasil são 45,6 milhões (23,9%) com deficiência.

O projeto acontece em parceria com o Senai, em especial a Escola Ítalo Bologna de Itu/SP, especializada em formação profissional de pessoas com deficiência e que irá fornecer informação e apoio para a qualificação e até reforço educacional às PcDs.

“Esse é um momento de inclusão para as pessoas com deficiência, a empresa está buscando o colaborador ao invés de somente anunciar a vaga. Além disso, a empresa vai adequar e adaptar o meio de produção para recebê-lo”, explica o diretor da escola Senai Ítalo Bologna, Helvécio Siqueira de Oliveira.

Segundo o diretor, é necessário um movimento de mudança cultural e esse trabalho é realizado para isso. “Transformação cultural não se produz por um grupo de pessoa, mas por toda a comunidade. É preciso engajar as pessoas”, ressalta.

O programa da JBS Foods conta etapas que se inicia com o mapeamento interno de 100% dos postos de trabalho para verificar quais das atividades podem ser desenvolvidas por pessoas com deficiência e por qual tipo de deficiência.

Em seguida, é avaliada a acessibilidade aos ambientes onde estão estes postos de trabalho para identificar as adaptações que precisam ser feitas para atender as necessidades dos novos colaboradores. Paralelo a estas ações, as equipes de RH identificarão junto aos órgãos públicos municipais e entidades os cadastros de pessoas com deficiência e em reabilitação.

“Este é um momento de inclusão, buscando o colaborador ao invés de somente anuncia a vaga, empresa vai adequar o meio, adaptar o meio de produção para recebê-lo”, afirma Helvécio. O Programa Inclusão contará com capacitação das pessoas com deficiência contando com as Unidades do Senai, apoiadas pelo Senai de Itu.

Além da parte técnica, o Programa Inclusão contará com um grande processo de sensibilização com o intuito de engajar todos os colaboradores. As pessoas com deficiência também contarão com padrinhos que auxiliarão na integração deles. “Tem um trabalho forte a ser feito dentro e fora da empresa, tanto com os funcionários da JBS como de fazer as famílias enxergarem que um dia esta pessoa estará sozinha, que é preciso que ele se socialize”, completa Diná Carvalho.

Francine Ferreira – Tati Longo

3 Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Spilere Serralheria G
Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo