FORQUILHINHA Previsão do Tempo
Educação

Programa Acolher nas Escolas encerra 2023 com resultados positivos

Programa

Profissionais da Unesc prestaram atendimentos psicológicos a aproximadamente 500 alunos de três escolas municipais de Criciúma

O Programa Acolher nas Escolas, da Unesc, encerrou 2023 com excelentes resultados comprovados pelas direções das unidades escolares participantes, alunos e Secretaria Municipal de Educação de Criciúma.

A ação, que conta com psicólogas do Programa Residência Multiprofissional em Saúde Mental, Atenção e Reabilitação Psicossocial, tem o propósito de oferecer um ambiente de escuta e apoio emocional a crianças, adolescentes, familiares e educadores. Ao longo do ano, cerca de 500 alunos de três escolas foram atendidos por profissionais capacitados, como psicólogos e especialistas em saúde mental.

Credisol
Contape
Maderonchi
Net Lider
Dengo Produtos de Limpeza

Para encerrar as atividades do ano, a Unesc recebeu responsáveis pelas escolas e representante da Secretaria de Educação de Criciúma, parceria da iniciativa. Na oportunidade elas receberam o relatório das atividades do ano.

“O projeto Acolher na Escola é uma iniciativa que trabalha na promoção de competências socioemocionais dos nossos alunos. Esse encerramento com as diretoras e coordenadoras pedagógicas e psicólogas da nossa equipe mostra a importância do trabalho realizado, dos impactos vividos, seja nas crianças, nas famílias e nos educadores”, enfatiza o coordenador do Programa Acolher, Zolnei Vargas De Cordova.

“Fechamos o ano satisfeitos com esta conquista e com os impactos nos nossos jovens na perspectiva socioemocional, na orientação profissional para o futuro, na compreensão de uma amplitude sobre a vida. É gratificante saber que, com a entrega, com o trabalho feito, alcançamos estes resultados conforme a fala das líderes das escolas”, acrescenta.

As profissionais do Programa Acolher visitaram as escolas três vezes por semana, momentos em que distribuíram atividades entre diferentes horários. Uma delas é a psicóloga Camila Maciel Queirós que afirma ter sido uma missão desafiadora, porém gratificante

“Até então eu trabalhava na parte de psicologia clínica e atendia os nossos acadêmicos da Unesc no Programa Colher e neste ano passei para a parte da psicologia escolar, atuando no Projeto Acolher nas Escola. Percebemos a evolução dos alunos ao longo do ano e que há bastante demanda de saúde mental nas escolas”, enfatiza.

Camila diz que, entre as necessidades presenciadas com maior frequência estão autoconhecimento, autoestima, principalmente com os mais jovens, além da inteligência emocional, entre outros. “Eles não sabiam nomear as emoções e nem lidar com que estavam sentindo”, descreve.

“As gestões das escolas foram sempre muito abertas e ajudaram o projeto a ser um sucesso. A maior parte dos alunos conseguiu de fato ter um resultado positivo e isso está comprovado nos feedbacks expressados por meio de ‘cartinhas’ que escreveram para nós”, fala.

Importância da Psicologia no ambiente escolar

As atividades realizadas ao longo de 2023 contaram com diferentes abordagens como rodas de conversa; diálogos; orientações profissionais e de carreira, além de dinâmicas sobre diversos temas, dentre eles, autoestima e autoconhecimento.

“Atualmente, a Psicologia Educacional está no núcleo de apoio pedagógico, mas como nós temos um grande universo de escolas, percebemos a necessidade de ter um apoio. Foi então que o professor Zonei chegou até nós com a proposta de estender o Programa Acolher para as escolas municipais. A partir disso, mapeamos as unidades que teriam o perfil do projeto e fizemos a indicação. Muitos alunos tinham a intenção de parar os estudos do nono ano e as psicológicas conseguiram, por meio do projeto de vida, fazer com que novas perspectivas fossem analisadas para esses alunos”, relata.

Redação – Marciano Bortolin


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo