Óticas Carol
Óticas Carol 2
Colunistas

Procedimentos são unificados para agilizar recuperação judicial da Carbonífera Criciúma

Odonto Excellence

DA COMUNIDADE

Recuperação judicial

A partir de agora, os procedimentos de habilitação para recebimento dos créditos trabalhistas da Carbonífera Criciúma serão unificados, seguindo orientações da Corregedoria Regional do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina. Inédita no TRT-SC, essa foi a forma encontrada para agilizar o andamento do processo e, por consequência, o pagamento dos credores da empresa, que teve a recuperação judicial decretada pela Justiça Estadual em setembro, quase três anos após a paralisação de suas atividades.

Somente na Justiça do Trabalho, a Carbonífera é ré em cerca de mil ações, sendo a maior devedora em Criciúma. Com a unificação, todos os procedimentos relativos à habilitação de créditos na recuperação judicial serão definidos previamente pela Corregedoria, para que os juízes das varas do trabalho envolvidas tomem as mesmas medidas.

Além disso, com essa unificação dos procedimentos, a expectativa é que a assembleia de credores para aprovar o plano de recuperação seja realizada até o fim de 2019. Um prazo rápido, segundo especialistas, já que em casos semelhantes de recuperação judicial essa espera pode ser de até cinco anos.

Da Soler Selo
Ri Cred
Ciranda Papelaria
Maderonchi
Anunciar 2017 – 200px
Thiago Auto Lavação

O caso da Carbonífera Criciúma

Depois de enfrentar uma série de dificuldades financeiras, a Carbonífera Criciúma parou de pagar os funcionários no final de 2015, acumulando uma dívida trabalhista estimada, à época, em R$ 5 milhões. A mina parou de extrair carvão no mesmo período e foi abandonada, inclusive vindo a sofrer diversos roubos de materiais e equipamentos.

Em setembro de 2016, após a Justiça Comum negar o pedido de recuperação judicial, o juízo da 4ª Vara do Trabalho de Criciúma determinou o bloqueio de uma série de imóveis, carros e contas bancárias da empresa e de seus proprietários. Cinco terrenos foram leiloados, tendo sido arrematados por R$ 344 mil.

Com a recente decisão do Tribunal de Justiça, favorável à recuperação judicial, todo o patrimônio da carbonífera que foi penhorado pelas unidades da Justiça do Trabalho – além de outras esferas do Judiciário, como a Justiça Federal e a Estadual – será reunido no processo de recuperação judicial, em trâmite na 1ª Vara da Fazenda em Criciúma, para posterior distribuição aos credores após aprovação do plano de recuperação.

Já é Natal!

O clima de Natal deve se fortalecer em Forquilhinha a partir deste fim de semana, com a tradicional chegada do Papai Noel e noite de luzes na área central. A programação já inicia amanhã, a partir das 13h, com a abertura da exposição de trabalhos dos Clubes de Mães, no Ginásio de Esportes Adolfo Back. Logo depois, às 19h30min, haverá uma Noite Cultural em homenagem aos 100 anos de Canto Coral no município, organizado pelo Coral Sagrado Coração de Jesus, no Salão Paroquial.

Já no domingo, brinquedos serão disponibilizados para as crianças, na Praça dos Imigrantes Alemães, a partir das 17h, juntamente com apresentações culturais dos grupos de canto e corais da região. Por fim, a chegada do bom velhinho e a abertura da casa do Papai Noel estão marcadas para às 19h30min, ao ritmo da Banda Municipal. A noite segue com o acendimento das luzes na praça central e com “O ato luminoso de natal”, apresentado pela Companhia de Teatro Lumbra, do Rio Grande do Sul.

Casa do bom velhinho

Depois de domingo, a casa do Papai Noel, na Praça dos Imigrantes Alemães, seguirá aberta diariamente ao público, até o dia 23 de dezembro. De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 22h, e aos sábados e domingos, das 18h às 22h. Cartinhas de crianças carentes poderão ser adotadas por almas caridosas. Vale a pena conferir!

Fim do impasse

Uma reunião realizada nesta semana entre a comissão de pais, vereadores e membros da Administração Municipal, formada para discutir o impasse envolvendo a transferência de alunos de Forquilhinha que estudam em Criciúma, encerrou a discussão. Diante da impossibilidade de manter essas crianças e adolescentes na cidade vizinha e por conta da existência de vagas na rede municipal de ensino, esses quase 100 estudantes deverão ser matriculados em Forquilhinha.

Nesse cenário, importante lembrar que hoje é o último dia do prazo de matrículas, para os responsáveis que ainda não foram até as respectivas instituições de ensino.

Mais uma final

As pequenas da categoria mais nova do vôlei de Forquilhinha disputarão neste fim de semana, em Lages, a final do Campeonato Estadual pela categoria Iniciante, que recebe atletas de até 12 anos. Esta etapa contará com a participação de 12 equipes, divididas em duas chaves, representando as quatro regiões do Estado. Forquilhinha será a única representante do Extremo Sul e jogará contra os times de Florianópolis, Joaçaba, Gaspar, Brusque e Balneário Camboriú.

Coopera 60 anos

Integrando o Projeto “Feira de Ideias” e como parte das comemorações que antecedem o aniversário de 60 anos da Coopera, será realizada na terça-feira da próxima semana, em Forquilhinha, uma palestra com o professor Luís Rasquilha. Com o tema: “Mudança do Mundo e a Transformação dos Negócios”, Rasquilha irá abordar as tendências relacionadas a este meio, destacando os desafios e as rápidas transformações dos mercados e dos clientes.

A palestra acontecerá a partir das 19h30min, no auditório Alfredo Michels. Trata-se de um evento gratuito e aberto para cooperados, cooperativas, empresários e colaboradores.

DA POLÍTICA

Orçamento 2019

Conforme o regimento interno do Poder Legislativo de Forquilhinha, a sessão da Câmara de Vereadores desta semana foi exclusiva para discussão e votação da Lei Orçamentária Anual (LOA). O projeto de lei do Poder Executivo foi aprovado por unanimidade.

Para 2019, o orçamento geral de Forquilhinha estima a receita e fixa as despesas em R$ 114,3 milhões, cujos principais destinos serão:

  • R$ 32 milhões para a educação – o equivalente a 27% da receita;
  • R$ 18,8 milhões para a saúde – o equivalente a 22% da receita;
  • R$ 28 milhões para investimentos em obras;
  • R$ 6 milhões em manutenção no setor infraestrutura;
  • R$ 1 milhão em convênios com a Apae, Clubes de Mães, Associação da 3ª Idade, Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Forquilhinha (Acafor) e Cooperativa de Agricultura Familiar de Forquilhinha (Coonafor);
  • R$ 450 mil para os setores de Cultura, Esporte e Turismo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Spilere Serralheria G
Anuncie FN 2017
Marka final pauta
Coopera Rodapé
Topo