Segurança

Plantão noturno do Corpo de Bombeiros de Forquilhinha não será mais fechado

Corporação atende, atualmente, cidades de Forquilhinha, Maracajá, Nova Veneza, e auxilia em ocorrências de emergência de Criciúma.

Drogaria Gabrielly
Coopera
Contape
Maze Bag

O deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT) esteve no fim da tarde desta terça-feira, 14, em Florianópolis com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, coronel BM Onir Mocellin. Ele foi buscar informações sobre o remanejamento que o Estado Maior pretende fazer em vários quartéis do Estado, conforme estudo realizado nos últimos meses.

Essa mudança ocasionaria o fechamento do plantão noturno do Corpo de Bombeiros de Forquilhinha por falta de efetivo. Somente nos últimos dois anos foram desligados da corporação estadual cerca de 500 bombeiros, resultando atualmente num total de apenas 2490 militares, já que o último concurso foi realizado em 2013.

Sabendo da situação grave, e do risco iminente, o deputado Rodrigo Minotto ponderou sore a necessidade do serviço continuar para dar uma respostas rápida nas ocorrências da cidade e região. “A proximidade do batalhão salva vidas. Fizemos um apelo e o comandante felizmente teve sensibilidade para voltar atrás nessa decisão que já estava tomada e só faltava entrar em prática. Forquilhinha continua com o plantão noturno”, comemora Minotto.

Garantida a permanência do efetivo noturno, Minotto se colocou a disposição para lutar pela realização de um concurso público para aumentar o efetivo do Corpo de Bombeiros, e também sobre a possibilidade de remuneração dos bombeiros voluntários. “Essa é uma proposta muito interessante, e vamos buscar fazer o encaminhamento junto ao Governo do Estado”, explica.

Francine Ferreira – João Manoel Neto


Topo
Inline
Inline