Região

Pesquisa vai revelar o perfil das crianças que trabalham em Criciúma

Representantes do TRT, MPT e Secretaria de Educação se reuniram na última quinta, 24, para definir as ações de distribuição da cartilha do trabalho infantil.

Qual atividade executa, o motivo que a levou a trabalhar, se já sofreu acidente de trabalho ou se há histórico de trabalho infantil na família. Essas e outras respostas sobre as crianças que trabalham na região de Criciúma serão reveladas em pesquisa a ser aplicada com as próprias em sala de aula. A iniciativa é da juíza auxiliar do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem na região de Criciúma, Rafaela Messina, em conjunto com a secretária de Educação do município e o procurador do trabalho Bruno Teixeira.

O questionário será aplicado junto com a distribuição da cartilha “Trabalho infantil não é brinquedo”, produzida pelo Tribunal, nas escolas da rede municipal de ensino da região. Antes de trabalhar o material com os alunos, os professores deverão passar por uma capacitação sobre o tema, tal como ocorrerá em Florianópolis.

Maderonchi
Contape
Colinas Chocolatteria
Spilere Serralheria
Thiago Auto Lavação
Dengo Produtos de Limpeza
Francine Ferreira – Luana Cadorin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Spilere Serralheria G
Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo