Raríssima Cabeçalho
Cultura

Mostra Arte Animal leva crianças a abraçarem o valor da natureza

Foto: Mayra Lima

Atividade ocorreu entre o Museu de Zoologia e o Colégio Marista.

Cia da Saúde
Maze Bag
Dengo Produtos de Limpeza
Raríssima lateral

O amor pelos animais já vive no coração da pequena Marina Colombo de 7 anos por meio do seu cachorro Scooby Doo. Mas depois de participar do projeto do Museu de Zoologia ela aprendeu a gostar de todos os animais, inclusive o Dragão de Komodo, “Ele é um lagarto muito grande”, comentou animada. Marina tem apenas sete anos, mas já quer fazer a diferença no mundo protegendo a natureza.

Ela fez parte do grupo de 100 crianças do Colégio Marista a participar da 9ª Mostra Arte Animal do Museu de Zoologia da Unesc, que ocorreu nesta quinta-feira (9/11). O encontro, que este ano traz como tema ““Animais que habitam os biomas do Brasil”, faz parte de um programa educativo do Museu que tem o objetivo de promover a consciência ambiental por meio da integração entre arte e ciência, com a realização de exposições artísticas e culturais, fortalecendo o vínculo educativo entre as instituições de ensino de Criciúma e região.

Além de conhecer o Dragão de Komodo, Marina também se surpreendeu com outras espécies. “Eu aprendi que cada animal tem o seu papel na natureza e o meu é de cuidar dela. Se eu tiro alto da natureza eu preciso repor, como plantar novas arvores. São tantos os animais que eu não sabia que existia, como o Sapo Dourado por exemplo, ou o Tuiuiú, que parece um Avestruz”, comentou a pequena entusiasmada.

Da escola à Universidade

O diretor do Colégio Marista, José Carlos Pereira, comentou sobre a parceria com a Unesc, que já ocorre há seis anos. Além disso, ele reforçou a importância de valorizar a natureza. “Uma sociedade não se constrói sem o respeito à natureza e ao sistema como um todo. Esse projeto ajudou nossas crianças a formarem a consciência, o respeito e a admiração ao ambiente em que vivemos”, ressaltou.

A coordenadora do Museu de Zoologia da Unesc, Morgana Cirimbelli Gaidzinski, comentou sobre a associação da arte e da ciência dentro do projeto. “As crianças despertam a curiosidade, a criatividade e a imaginação. Nossos pequenos artistas criam obras lindas, trazendo vida, alegria e contentamento à Unesc. As artes das crianças têm um valor imensurável, elas transitem um sentimento puro e verdadeiro por meio das telas”, ressaltou.

Segundo o pró-reitor de Pós-Graduação Pesquisa e Extensão da Unesc, Oscar Montedo, o projeto do Museu de Zoologia reforça a Unesc como Universidade Comunitária, que atua no Ensino, na Pesquisa e na extensão.

Visite a exposição

Ao longo do ano letivo são realizadas atividades na escola e no museu para, incentivando a criatividade e a sensibilização ambiental. Na escola, os estudantes participam de estudos sobre as cores, texturas, expressão artística e produção de obras. Também aprofundam o conhecimento sobre os animais relativos à temática escolhida, bem como sobre a consciência planetária. Já no Museu, os alunos fazem visitas direcionadas ao tema escolhido para o ano letivo e participam de aulas teórico-práticas.

As telas, confeccionadas pelos alunos do 1° ano do Ensino Fundamental, ficarão em exposição nos espaços expositivos do Museu de Zoologia no Bloco S durante as duas próximas semanas.

Francine Ferreira – Setor de Comunicação Integrada da Unesc


Topo