Região

Morte de cantora Paulinha alerta para a importância do cuidado com a saúde renal

Especialista do HSJosé fala da importância dos cuidados com a saúde do rim e das formas de prevenir a doença.

As complicações provocadas possivelmente devido a uma doença renal e que levou a óbito a cantora Paulinha acenderam essa semana um alerta sobre a importância do cuidado com a saúde, especialmente no que se refere a saúde renal. De acordo com os boletins médicos divulgados, o quadro da cantora iniciou com vômitos e tonturas, sintomas que podem ser relacionados às disfunções renais e, após a internação, evoluiu para um quadro neurológico irreversível que causou a morte da artista na última quarta-feira.

”Vômitos e tonturas são sintomas que podem estar relacionados com as disfunções renais e essas disfunções podem levar às complicações neurológicas. O acúmulo de toxinas urêmicas (que deveriam ser excretadas pelos rins) pode causar encefalopatia e coma. O primeiro passo para entender um pouco mais deste problema é saber que existem duas formas da doença renal ser diagnosticada, a aguda e a crônica”, explica a responsável pelo serviço de nefrologia do HSJosé, Dra. Cassiana Mazon Fraga (CRM-9170 – RQE – 6382).

Contape
Posto Bravo
Dengo Produtos de Limpeza
Net Lider
Maderonchi

De acordo com a especialista, a lesão renal aguda tem como causas as infecções, sepse, uso de drogas nefrotóxicas, peçonhas e doenças imunes. “Essa se instala rapidamente, e, em alguns casos, com tratamento podemos reverter. Já a doença renal crônica tem como principais causas o diabetes e a hipertensão, atinge 1 em cada 10 pessoas no mundo e não tem cura. Ambas podem precisar de diálise, porém, muitos pacientes com lesão renal aguda podem recuperar e sair da diálise. Já o renal crônico, quando inicia diálise precisa continuar ou fazer um transplante”, explica Dra. Cassiana.

A diálise é um dos métodos de terapia de substituição renal, que junto com o transplante podem ajudar pacientes com doença renal crônica. “A diálise, consiste na substituição da função do rim para eliminar as toxinas acumuladas no corpo do paciente”, comenta a médica.

Doenças renais podem ser prevenidas

Segundo a médica nefrologista, as doenças renais podem ser prevenidas. “As principais causas de doença renal crônica são a hipertensão e o diabetes e o controle destas doenças pode prevenir a doença. Já as lesões renais agudas podem ser causadas por muitos fatores como as infecções, doenças imunológicas, uso de drogas nefrotóxicas como os antiinflamatórios e alguns tipos de antibióticos. Nestes casos, os tratamentos destas situações podem prevenir ou controlar as doenças agudas dos rins”, aponta.

Dia Mundial do Rim alerta para o cuidado com a saúde

Todos os anos, em março, é celebrado o Dia Mundial do Rim, uma data especial para levar à comunidade ainda mais conhecimento sobre este problema. Para 2022, a comissão de organização do Dia Mundial do Rim declarou este como o ano da “Saúde Renal Para Todos”.

Pensando nisso, no dia 12 de março, das 9h às 12h30, na Praça Nereu Ramos, em Criciúma, será realizada mais uma edição do Hospital na Praça. Durante a iniciativa especial promovida pelo Hospital São José, serão levadas informações sobre a doença renal, o seu desenvolvimento e evolução. Diversas atividades serão realizadas na data, de forma gratuita e toda a comunidade é convidada a participar.

Redação – Jéssica Pereira

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo