Unesc Desktop
Alerta

“De mãos dadas contra a dengue”: mais conscientização no descarte de materiais

Atividade será realizada neste sábado, 7, em Criciúma, das 8h às 12h.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, irá realizar a ação “De mãos dadas contra a Dengue” no bairro Ana Maria, neste sábado, 7, das 8h às 12h. A atividade busca conscientizar sobre o descarte correto de materiais para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, e será realizada em parceria com a Secretaria de Planejamento e Mobilidade Urbana, Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (FAMCRI), Corpo de Bombeiros, Cruz Vermelha, Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), Polícia Militar, Defesa Civil, Conselho de Saúde e Associação de Moradores do bairro Ana Maria.

Durante a ação serão disponibilizados containers em frente ao Centro Comunitário para descarte correto de lixos eletrônicos. Demais materiais como colchões, embalagens vazias e eletrodomésticos serão recolhidos por caminhões da FAMCRI e da Secretaria de Infraestrutura. “Em 2019, foram encontrados dois focos no bairro, por isso é importante que os moradores estejam conscientes do descarte de tudo que pode ficar acumulado em terrenos e quintais e acabar com os focos”, explica a Gerente da Vigilância em Saúde, Andreia Bertoncini Pereira.

Spilere Serralheria
Contape
Maderonchi
Dengo Produtos de Limpeza
Posto Bravo
Colinas Chocolatteria

No dia serão entregues cartilhas educativas para a comunidade e também será possível fazer doações de brinquedos para a campanha Natal Solidário e medicamentos para a Farmácia Solidária.

Outras ações

Na Praça Nereu Ramos, também será realizada uma atividade em alusão ao Combate à Dengue, das 8h às 12h. Serão feitas ações educativas através de cartilhas e terá exposição de todo trabalho feito pela Secretaria de Saúde.

Sobre a dengue

É uma doença febril grave causada por um arbovírus, que são vírus transmitidos por picadas de insetos, principalmente por mosquitos. Existem quatro tipos de vírus de dengue: sorotipos 1, 2, 3 e 4. “Cada pessoa pode ter os quatro sorotipos da doença, mas a infecção por um sorotipo gera imunidade permanente para ele. Todas as faixas etárias são igualmente suscetíveis. O risco de gravidade e morte aumenta quando a pessoa tem alguma doença crônica, como diabetes e hipertensão, mesmo tratada”, explicou Andreia.

Entre os sintomas estão febre acima de 38.5°C, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo. Em casos mais graves apresenta dor abdominal intensa e constante, vômitos persistentes, acumulação de líquidos, sangramento de mucosa ou hemorragia, aumento progressivo de células vermelhas (hematócrito) e queda abrupta das plaquetas.

Redação – Maria Duarte

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Spilere Serralheria G
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo