Região

JBS amplia doações para ONGs de Santa Catarina

Projetos sociais com atuação no Estado beneficiarão mais de 200 mil pessoas serão impactadas

A JBS, por meio do programa social “Fazer o Bem Faz Bem, alimentando o mundo com solidariedade” está destinando mais de R$ 600 mil em recursos para sete ONGs que atuam em Santa Catarina. Entre as ações realizadas pelas instituições estão a distribuição de alimentos, cestas básicas, cartões alimentação, produtos de higiene, medicamentos entre outros recursos e ações desenvolvidas por cada uma das organizações apoiadas pelo programa da JBS no estado.

As doações serão destinadas às seguintes instituições:

Dengo Produtos de Limpeza
Thiago Auto Lavação
Colinas Chocolatteria
Contape
Maderonchi
Net Lider

Ação Social para a Igualdade das Diferenças (ASID) – trabalha em prol da inclusão social da pessoa com deficiência intelectual e física. O projeto empodera famílias e desenvolve habilidades para inclusão no mercado de trabalho;

Transforma Brasil – movimento de voluntariado e engajamento cívico que tem atuado beneficiando famílias vulneráveis em todo País por meio da arrecadação e distribuição de mantimentos e kits de higiene pessoal;

África do Coração – ONG que atua no apoio e atendimento para famílias de refugiados, imigrantes e indígenas;

Instituto Elos – Promove assistência social a famílias de baixa renda, em situação de pobreza e extrema pobreza;

Associação Beneficente Nossa Casa – A entidade tem como principal objetivo o acolhimento de crianças e adolescentes em situação de risco social.

Casa Beneficente Luz do Caminho – Organização da Sociedade Civil – OSC que tem como missão acolher crianças e adolescentes em situaçao de vulnerabilidade para promover suas potencialidades psicológicas, físicas e sociais;

Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICOM) – Fundação Comunitária que apoia empresas e indivíduos para que possam fazer investimentos sociais e doações com alto impacto social, tem foco no desenvolvimento comunitário e atendimento ao idoso.

Além da distribuição de itens básicos, algumas instituições irão utilizar os recursos para o desenvolvimento das comunidades locais. O ICOM, por exemplo, irá dispor parte da doação em seu banco comunitário, criado com o objetivo de fortalecer as economias de bairros carentes. O banco destina recursos à famílias de baixa renda para comprar o que precisam nos pequenos comércios dos bairros, garantindo que o dinheiro circule dentro da própria comunidade. Além de 3.000 cartões alimentação para atendimento de 17 lares de idosos de toda região

Todos os projetos foram escolhidos pelo Comitê Social do programa e que avaliou a capilaridade dos projetos e o impacto que o auxílio trará para as populações e comunidades mais necessitadas neste momento de pandemia. “A grandiosidade do projeto reflete exatamente as dimensões e a pluralidade de nosso país. Muitas pessoas que precisam da ajuda neste momento já serão beneficiadas agora e outras numa fase de rápida recuperação socioeconômica, pois o pacote de doações da JBS deixará um legado em muitos estados e centenas de cidades”, enfatiza Carla Duprat, diretora-executiva do Instituto InterCement e membro do Comitê social do projeto.

Além de Duprat, o Comitê é formado por profissionais com grande experiência em gestão social, como Antonio Batista da Silva Junior, presidente-executivo da Fundação Dom Cabral (FDC); Carola Matarazzo, diretora-executiva do Movimento Bem Maior; Celso Athayde, fundador da Central Única das Favelas (Cufa), e Francisco Azevedo, diretor-executivo da Kairos Inteligência Social. O trabalho é coordenado por Joanita Karoleski, ex-presidente da Seara, coordenadora do projeto.

Fazer o Bem Faz Bem

Em Santa Catarina, o programa de doações da JBS já doou quase a totalidade dos R$ 28 milhões em recursos para a saúde. Serão entregues pelo programa: 13 ambulâncias, cerca de 1.000 equipamentos hospitalares como camas clínicas e de UTI, respirador, bombas de infusão, monitores de sinais vitais, eletrocardiógrafos, ultrassom portátil, desfibriladores, oxímetros, entre outros; 1,3 milhão de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) hospitalares, como aventais, máscaras cirúrgica e N95, protetores faciais e toucas; 65 mil máscaras de tecido para a comunidade; mais de 107 mil itens de higiene e limpeza; e mais de 36 mil cestas básicas.

Instituições de pesquisa com estudos em todo o país também receberão apoio o programa de doações da JBS contra o coronavírus. No estado, a Companhia confirmou recursos para as empresas de tecnologia catarinenses Neoprospecta e ePHealth, que atuam com diagnóstico e controle epidemiológico em ambiente hospitalar e com monitoramento epidemiológico, respectivamente.

As doações para Santa Catarina integram um esforço nacional da JBS de combate à Covid-19. Ao todo, a empresa vai doar R$ 400 milhões para mais de 200 cidades, beneficiando 63 milhões de pessoas no país.

Redação – João Pedro Alves

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo