Educação

IFSC confirma curso de Engenharia Civil no Campus Criciúma

O Conselho Superior do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) aprovou nesta segunda-feira, 18, a abertura do curso superior de Engenharia Civil do Campus Criciúma. A previsão é de que a primeira turma inicie já no primeiro semestre de 2018. Com a nova oferta, o IFSC passa a ser a única instituição pública a oferecer o curso de Engenharia Civil entre Porto Alegre e Florianópolis.

O curso terá ingresso anual, com 40 vagas por turma. Com duração de dez semestres, a carga horária total é de 3920h, incluídas 160h de TCC e 160h de estágio supervisionado. A primeira turma será no período noturno. A seleção será feita pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, que utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Temos uma expectativa muito boa em relação à qualidade do curso. O Campus Criciúma possui uma estrutura com laboratórios equipados e a previsão de ampliação de novas salas de aula e laboratórios nos próximos anos. Atualmente, são 14 docentes na área, além de outros professores, mestres e doutores, que irão compor o corpo docente. Um dos diferenciais deste curso é o corpo docente com dedicação exclusiva, além de ser um curso totalmente gratuito, com 10% da carga horária voltada para atividades de extensão e uma formação com ênfase em práticas e tecnologia das construções”, explica o professor Cleidson Rosa Alves, um dos responsáveis pela elaboração do Projeto Pedagógico.

Posto Bravo
Maderonchi
Thiago Auto Lavação
Dengo Produtos de Limpeza
Colinas Chocolatteria
Contape

A professora Graziela Olivo Fermo, que também atuou na elaboração do PPC, destaca a experiência do corpo docente e a infraestrutura já implantada no Câmpus, que oferece o curso técnico em Edificações. “O curso possui como diferencial um corpo docente composto exclusivamente por mestres e doutores, com experiência prática e didática e no ensino técnico e superior. Outro diferencial é a infraestrutura já implantada e pronta para o uso do acadêmico. Temos os laboratórios de Química, Física, Desenho, Maquetes, Topografia, Sistema Estruturais, Materiais de Construção, Práticas Construtivas, Solos e Elétrica, que irão proporcionar ao aluno a aplicação prática desde o primeiro semestre”, afirma.

Único na região

Principal cidade entre as capitais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, Criciúma tem na construção civil um importante setor da economia. O IFSC Campus Criciúma passará a ofertar o único curso de Engenharia Civil de uma instituição pública entre a UFRGS, em Porto Alegre, e a UFSC, em Florianópolis.

“Criciúma é uma cidade polo da construção civil e sedia as principais construtoras do Estado. Além de atendermos a uma demanda existente na região, com o curso de Engenharia Civil conseguimos verticalizar a oferta do Câmpus, que já possui o curso técnico em Edificações”, destaca o diretor-geral, Lucas Dominguini.

No Campus Criciúma, o IFSC oferta os cursos técnicos em Edificações, Química, Mecatrônica e Eletrotécnica. A Engenharia Civil será o terceiro curso superior: a instituição já conta com as graduações em Licenciatura em Química e em Engenharia Mecatrônica.

A expectativa agora passa pela ampliação da estrutura física do Campus. Em outubro, deve ser lançada a licitação para a construção de um novo bloco de sala de aulas. Com o novo bloco, a intenção é ampliar o ingresso em cursos superiores e a oferta de novos cursos. “O espaço físico de que dispomos atualmente no Campus Criciúma é suficiente para implantarmos a Engenharia Civil com ingresso anual. O que queremos, com a construção de um novo bloco, é garantir o ingresso semestral na Engenharia Civil e também na Engenharia Mecatrônica”, afirma o diretor do Campus Criciúma.

Francine Ferreira – Jornalismo IFSC/Regional Sul

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo