Colunistas

ELEIÇÕES 2020 – Conheça os pré-candidatos a prefeito de Forquilhinha: Carlos Nola (PSL)

A partir desta segunda-feira, 24, pelos próximos sete dias, todos os pré-candidatos à prefeito de Forquilhinha para as eleições 2020 terão um espaço, nesta coluna, para expor suas ideias iniciais e posicionamentos a respeito de diversos temas de interesse público.

As perguntas foram criadas por esta colunista e a ordem das publicações foi definida por sorteio.

O primeiro pré-candidato a ter suas propostas elencadas é o representante do PSL, Carlos Nola.

Thiago Auto Lavação
Maderonchi
Net Lider
Colinas Chocolatteria
Sabor D,Italia
Posto Bravo

De forma geral, qual a proposta do pré-candidato para as próximas eleições? Por que decidiu colocar seu nome à disposição?

Carlos Nola: Mudança na forma de gestão – pensando nas pessoas e no nosso município de Forquilhinha, fazendo uma gestão pública com austeridade e inovação. Nola e Miro nasceram de um projeto formado por um grupo de pessoas (comerciantes, empresários, liderancas cumunitárias, agricultores, dentre outras), que buscam a mudança, uma politica diferente, foi assim que nos identificamos com o projeto e aceitamos o desafio.

Em meio à crise econômica que se fortalecerá nos próximos anos por conta da pandemia do novo coronavírus, como alavancar o desenvolvimento econômico (comércio e indústria) do município, evitando a dependência de grandes empresas?

Carlos Nola: Fortalecimento e apoio ao comércio e indústria para inovação, neste momento as redes sociais ganharam forças, precisamos nos reinventar, ou seja, se adequar a realidade. Para isto, precisamos andar de mãos dadas, um ajudando o outro, exemplo: CDL e ACIF tem feito uma campanha forte para compras serem feitas em nossa cidade, este é um caminho.

Na mesma linha da pergunta acima, como vocacionar a economia de Forquilhinha para gerar mais emprego e, consequentemente, renda para a cidade?

Carlos Nola: Da mesma forma, fortalecer e incetivar os comércios e todas empresas do municipio (micro, pequena, médio e grande porte) existentes com inovação e buscar parceiras com cooperativas (cursos profissionalizantes) e instalação de novas empresas.

Responsável por boa parte da movimentação econômica de Forquilhinha, a agricultura muitas vezes acaba desassistida, principalmente no meio familiar. Quais os projetos para o setor?

Carlos Nola: Nós que nascemos e trabalhamos na agricultura, sabemos de perto as dificiculdades dos agricultores, queremos e vamos sim apoiá-los. Algumas de nossas ideias são:

  • Fortalecer as associações na áea rural e em parceria, para que eles possam receber equipamentos agrícolas e fazer o gerenciamento, exemplo: retroescavadeira, caminhoes e outros;
  • Incentivar as parcerias com Cidasc e Epagri, bem como demais cooperativas para projetos tecnicos com inovações;
  • Pavimentação para escoamento da producao e agua potavel no meio rural.

Forquilhinha fez alguns financiamentos que precisarão ser pagos nos próximos anos. Como investir em infraestrutura no município, sabendo que uma parte considerável de recursos precisará ser empenhada no pagamento desses financiamentos?

Carlos Nola: Enxugamento da máquina, reduzir os cargos comissionados e secretarias é o primeiro passo para sobrar recurso e investir. Precisamos agora, com a pavimentação da Jacob Westrup, fazer o anel viário para tirar o trânsito do Centro da cidade e vamos além dessa obra, buscar outras com apoio do Governo Estadual e Federal. Atualmente temos muitos ciclistas em nosso município e que também passam por aqui, precisamos pensar em mobildade urbana, como pistas para ciclistas.

Projetos como um hospital para a cidade, atendimento 24 horas e a realização de cirurgias eletivas, por exemplo, estão sempre entre as propostas dos candidatos, eleição após eleição. São seus projetos? Como viabilizá-los, para que realmente possam sair do papel?

Carlos Nola: Nossa prioridade será fazer uma policlínica/pronto socorro com raio-x, ultrason, eletrocardiograma e demais exames possíveis. Também contará com consultas de médicos especialistas (ortopedista, cirurgião geral, cardiologista, urologista, otorrino, dentre outras) para atender toda nossa população de Forquilhinha, zerando as filas de consultas e exames e fazendo parcerias para cirurgias eletivas.

Por muitos considerada como modelo na educação das fases iniciais, Forquilhinha ainda precisa melhorar o ensino oferecido a partir do Ensino Fundamental II, Médio e Técnico. É possível que o Governo Municipal se envolva nessas questões? Como?

Carlos Nola: Educação é a estrutura de todos nós, ela começa em casa e é fortalecida pelos prossificonais da área na escola, que em Forquilhinha precisam ter um melhor reconhecimento. Vamos sim discutir a implantação do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano e buscar parceiras para cursos técnicos profissionalizantes.

O tamanho da máquina pública é alvo de muitas reclamações, e em Forquilhinha não é diferente. Reduzir o número de cargos comissionados na Administração Municipal é um dos projetos do pré-candidato para os próximos quatro anos, caso eleito?

Carlos Nola: Sim, o projeto do nosso grupo iniciou com este propósito, exugamento da maquina pública, ou seja, reduzir os cargos comissionados e secretarias, assim conseguiremos investir nas áreas que necessitam. Além disso, vamos trabalhar com pessoas técnicas e profissionais de cada área, aproveitando também aqueles do quadro efetivo da prefeitura.

O município é bastante conhecido por suas escolinhas esportivas. Ainda assim, é possível ampliar o acesso ao esporte, principalmente às crianças e jovens? Como?

Carlos Nola: Sim, vamos investir nas escolinhas e diversificar os tipos de esportes, fazer jogos escolares municipal, gincanas e outras, buscar parcerias com empresas privadas. Enquanto nossas criancas estão fazendo esportes, não estão ociosos e nem nas drogoas. Esporte também é saude.

Quais medidas efetivas precisam ser tomadas, para que Forquilhinha pare de ser lembrada apenas como a cidade da Heimatfest e seja realmente inserida nos roteiros de turismo do Sul de Santa Catarina?

Carlos Nola: Com a pavimentação da Jacob Westrup, precisamos preparar nossa cidade para os turistas, incentivar nossa comunidade para investimentos no turismo típico, como pousadas, hotéis, restaurantes com gastronomia tipica e praças. Na agricultura, fazer turismo rural e, com tantas celebridades conhecidas no âmbito municipal, estadual, nacional e até internacional, que são de Forquilhinha, vamos fazer um turismo religioso, por exemplo: Dra. Zilda Arns, que criou a Pastoral da Criança, e assim por diante.

Considera a cultura um setor importante a ser fortalecido em Forquilhinha? De que forma?

Carlos Nola: Apoiar nossa gente em seus projetos, temos o grupo de dança Immerfroh, temos grupo de cantos alemão e italiano, o Coral Sagrado Coração de Jesus, corais infantis, artistas e grupo de danças, todos de Forquilhinha com belíssimas apresentações.

Além desses, precisamos desenvolver outros projetos, começando nas escolas com apoio dos pais, da comunidade para nossas criancas, adolescentes participarem de bandas típicas, teatros e outros, para se apresentarem nos eventos do nosso municipio e não buscar gente de fora. Temos aqui ao lado um exemplo sobre cultura e turismo: Nova Veneza.

________________

O sorteio definiu a seguinte ordem para as publicações:

  1. Carlos Nola (PSL): segunda-feira (24/08);
  2. Vanderlei Alexandre (PP): terça-feira (25/08);
  3. José Cláudio Gonçalves, o Neguinho (PSD): quarta-feira (26/08);
  4. Maciel Da Soler (PDT): quinta-feira (27/08);
  5. Juliano Arns (PODEMOS): sexta-feira (28/08);
  6. Félix Hobold (PT): sábado (29/08);
  7. Geovane de Godoi (PL): domingo (30/08).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo