Energia

Criciúma busca permanência da atuação da Coopera em região agrícola

Os vereadores que compõem a comissão que tem buscado a permanência da Coopera no fornecimento de energia para a região agrícola de Criciúma estiveram em reunião com o governador Carlos Moisés na tarde desta terça-feira, 2, para discutir sobre a permanência da coopera na região agrícola. O pedido dos parlamentares foi para que seja revertido esse acordo. Na última semana, a Aneel emitiu a autorização para que a Celesc assuma o fornecimento de energia na região que pertence a Criciúma e hoje é abastecida pela Coopera.

“Saímos um pouco mais tranquilos desta reunião. Os consumidores não querem deixar de serem abastecidos pela Coopera, e o que pedimos é que haja um tempo para que possamos discutir todas as possibilidades, por isso solicitamos ao governador para que seja revertido esse acordo” pontuou o presidente do Legislativo, Tita Belloli.

Os moradores, cerca de dois mil consumidores, são contra a migração dos serviços. Segundo eles, o impacto com a mudança pode chegar a um aumento de 40% na fatura de energia.

Net Lider
Colinas Chocolatteria
Thiago Auto Lavação
Posto Bravo
Sabor D,Italia
Maderonchi

A área abrange a região agrícola de Criciúma seguindo o lado esquerdo da Rodovia Luiz Rosso, a partir do 28º GAC até o Bairro Quarta Linha e parte da BR-101 – nas localidades de São Domingos, Vila Maria e Espigão da Toca, abrangendo ainda outros 900 consumidores da região do Bairro São Sebastião, além do Bairro Montevidéo.

Participaram da reunião ainda o prefeito Clésio Salvaro, os vereadores Miri Dagostim e Geovana Zanette e o deputado estadual Rodrigo Minotto. A reunião foi motivada pelo prefeito Clesio Salvaro.

Redação – Daniela Savi

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo