Tecnologia

Conheça dicas de segurança para usar o WhatsApp Pay

Lançado no Brasil em 2021, o WhatsApp Pay é mais uma ferramenta que permite transações financeiras pela internet. Apesar de ainda não estar disponível para todas as pessoas, faz sucesso pela facilidade com a qual é possível receber ou enviar dinheiro.

O WhatsApp Pay foi apelidado de “o PIX das pequenas quantias” porque tem limites de valores: É possível movimentar no máximo R$ 1.000 por dia em 20 transações diferentes, ou R$ 5.000 por mês. Por isso, ele é indicado principalmente para quem tem pequenos negócios, em uso concomitante com o WhatsApp Business, perfeito para o mesmo público.

A simplicidade para transferência de recursos tem seus benefícios, mas também pode ser perigosa. O número de golpes nesse tipo de serviço é alto.

Banana Motos
Dengo Produtos de Limpeza
Net Lider
Contape
Colinas Chocolatteria
Star Seguros

O TJSC lançou em 2020 uma cartilha que protege contra golpes cibernéticos e você pode segui-la para evitar problemas como clonagem de WhatsApp e outros perfis, compras de produtos que não existem e roubo de dados. Como o WhatsApp Pay foi lançado depois, porém, é preciso prestar atenção em algumas questões especiais.

Veja algumas dicas de segurança que te permitem usar o WhatsApp Pay com tranquilidade:

1. Faça transações apenas com quem você conhece

Uma das formas mais comuns de golpes no WhatsApp Pay é com links maliciosos enviados por terceiros, muitas vezes com promoções boas demais para serem verdade.

Antes de fazer um pagamento pelo WhatsApp, saiba exatamente para quem é. Confirme os dados da pessoa com a qual está conversando e verifique se as informações são verdadeiras. Não clique em links de procedência duvidosa e não siga em frente se houver qualquer dúvida.

2. Ative recursos extras de segurança

Um ótimo recurso que o WhatsApp oferece é a autenticação em dois fatores. Você define um PIN que, sempre que abrir o aplicativo em um novo dispositivo, precisa inserir. Ativando-a, o risco de clonagem do aplicativo cai muito.

A especialista em tecnologia Elen Gonçalves, do site especializado e de auxílio ao consumidor TechReviews, aconselha que não se use o WhatsApp Pay em smartphones de terceiros, uma vez que essa ação pode levar ao roubo de dados.

3. Não caia em aplicativos falsos

O sistema de pagamentos do WhatsApp é usado dentro do próprio aplicativo original, seja a versão original ou a Business. Se você for encaminhado para o download de um novo programa, provavelmente é um golpe.

4. Use apenas redes privadas

Fazer transações financeiras de qualquer espécie e até usar aplicativos de banco em redes de internet públicas é perigoso. Elas não possuem a mesma segurança, o que também pode resultar em roubo de dados e dores de cabeça no futuro.

Sempre que for fazer qualquer tipo de transação com o WhatsApp Pay, use uma conexão de internet privada, protegida com senha e com boas configurações de segurança.

5. Sempre confirme as transações com o seu banco

O WhatsApp Pay é apenas um intermediário e o dinheiro logo é revertido para a sua conta bancária.

Se você é um vendedor, não caia em comprovantes ou imagens falsas, nem mesmo promessas de transferência: Envie seus produtos apenas após confirmar com o banco que o dinheiro já caiu na sua conta.

Com essas dicas, você pode aproveitar os benefícios do WhatsApp Pay sem correr riscos de cair em golpes ou ter seus dados roubados.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo