Gastronomia

Competição gastronômica na França exalta a beleza esculpida em sobremesas veganas

A capital mundial da gastronomia – Lyon, França – sediou mais uma vez a Copa Mundial de Confeitaria, a Coupe du Monde de la Pâtisserie, que reuniu confeiteiros talentosos do mundo todo. Nesta edição do evento, 21 equipes se qualificaram para a final, que aconteceu nos dias 27 e 28 de janeiro. Cada equipe participante foi composta de três chefes com especialidades específicas: açúcar, chocolate e gelo.

A novidade que ninguém esperava é que, pela primeira vez na história da confeitaria, o desafio foi entregar produções completamente veganas! Em outras palavras, nenhum produto de origem animal foi permitido para a composição das receitas. Seguindo a filosofia do veganismo, os temas preditos deveriam se relacionar com a natureza, a fauna e a flora.

Veganismo em foco

O tema veganismo celebrou o trigésimo aniversário do evento, que ocorre sempre a cada 2 anos em Lyon. A filosofia vegã prega o respeito aos direitos animais e é contra qualquer exploração ou práticas que envolvam sofrimento animal. Dessa forma, não só alimentos mas também roupas, móveis e acessórios são descartados pelos adeptos do movimento.

Dengo Produtos de Limpeza
Net Lider
Colinas Chocolatteria
Thiago Auto Lavação
Star Seguros
Contape

A Academia Americana de Nutrição e Dieta reconhece que as dietas veganas são apropriadas para todos os estilos de vida, incluindo a infância e até mesmo durante a gestação. O desafio dos adeptos a essa filosofia é o planejamento adequado. Sem ele, nutrientes essenciais, tais como vitamina D, cálcio, zinco e vitamina B12, podem se tornar escassos no corpo e gerar problemas.

Um desafio sem precedentes

A Copa Mundial de Confeitaria, sem dúvidas, traz consigo um espírito de competição e, de certa forma, um quê lúdico que lembra bastante os famosos e temáticos jogos de aposta Candy Dreams e Candy Bingo 3D.  Se, por um lado, a competição culinária desperta aquela vontade de confeitar, a internet também o faz, mas com a possibilidade de você ganhar dinheiro enquanto se diverte no meio da maravilhosa gastronomia da Patîsserie (clique aqui)!

O grande desafio aos chefs foi a impossibilidade de utilizar itens importantes da confeitaria, como a manteiga, ovos e cremes. Aceita a competição, a Copa Mundial de Confeitaria foi marcada por criações de tirar o fôlego. Os vencedores da vez foram os três confeiteiros da Malásia: Wei Loon Tan, Otto Tay e Ming Ai Loi. Em segundo e terceiro lugar ficaram Japão e Itália.

Equipe da Malásia levou o prêmio neste ano de 2019 (Coupe du Monde de la Pâtisserie).

Importância do evento para a população

Sem dúvidas, trazer um tema muitas vezes desconhecido e ignorado a uma competição de nível profissional no país referência de Pâtisserie é um marco e tanto. A veiculação deste tipo de informação para o público geral é mais uma forma de difundir a filosofia de vida do veganismo para os que pouco conhecem sobre.

Recapitulando os acontecimentos

  • Em Lyon, França, um time de confeiteiros da Malásia ganhou a final da Copa Mundial de Confeitaria;
  • Em segundo e terceiro lugar ficaram o Japão e a Itália, respectivamente;
  • O tema da edição de 30 anos foi inédito e desafiador: as receitas só poderiam ser veganas! Nada de produtos animais foi permitido na competição.
  • A criatividade dos confeiteiros foi colocada à prova para acharem substituição à clara do ovo e aos cremes.
  • Mesmo com o desafio, obras de arte da culinária de confeitaria foram realizadas, mostrando ao mundo que os produtos animais não são necessários para a cozinha confeiteira.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo