Infraestrutura

Como a arquitetura utiliza a comunicação visual em projetos comerciais?

Podendo ser um diferencial no mercado, a contratação de um arquiteto afeta diretamente a experiência final do cliente.

Uma imagem vale mais que mil palavras. Você já deve ter escutado essa frase ao menos uma vez na vida, certo? A comunicação visual se faz essencial em qualquer negócio e pode, até mesmo, ser o diferencial quando comparado à concorrência. Dessa maneira, apostar em um projeto arquitetônico que trabalhe a parte visual, bem como a experiência que o cliente terá ao entrar no local, é imprescindível para que o negócio tenha sucesso no mercado.

Em um mundo onde a arquitetura e a comunicação visual estão totalmente conectadas, o arquiteto deve estudar o branding oferecido pela empresa. Este, por sua vez, será o guia na escolha das cores, texturas e materiais, com o intuito de seguir a mesma linguagem utilizada pela marca.

Posto Bravo
Net Lider
Dengo Produtos de Limpeza
Contape
Maderonchi

“Na criação do projeto comercial, se tem o cuidado para que a loja transmita credibilidade e reconhecimento entre os consumidores. Por isso, desde a fachada até o interior, tudo é pensado de modo que marque o público e reforce a identidade da empresa”, afirma o arquiteto Mateus Michels.

Além desse aspecto, o layout e a iluminação também são pontos importantíssimos na arquitetura. Entretanto, tudo deve ser feito de forma harmônica e precisa estar em sintonia com demais elementos de identidade visual, como banners, totens, placas informativas e sinalizações do lugar.

“Um dos grandes objetivos da arquitetura comercial é criar um espaço que converse com o cliente e passe a mensagem desejada. Sempre, claro, alinhado com o negócio. Com isso, é possível criar um ambiente que destaque o que é oferecido e, consequentemente, gere vendas para o estabelecimento”, aponta Michels.

Visual Merchandising

A arquitetura se torna muito importante na valorização do produto ou serviço. Dessa forma, está atrelada ao marketing e à comunicação visual, principalmente com o profissional responsável pelo Visual Merchandising da empresa.

“Assim como o arquiteto, o VM tem o objetivo de valorizar os produtos oferecidos. Por isso, esses dois profissionais precisam andar juntos. Só assim será possível criar um projeto assertivo, que se adeque à marca e possibilite o uso de diversas estratégias de exposição correta”, comenta o arquiteto.

Redação – Catarina Bortolotto

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Dengo Produtos de Limpeza
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo