Alerta

Comarca de Forquilhinha usa ideogramas africanos para combater violência contra mulher

Foto: Consulado de Angola

O oficialato da infância e juventude da comarca de Forquilhinha comemora os resultados que começam a surgir após sua adesão ao projeto Adinkras, que trabalha com mulheres vítimas de violência e suas filhas, com o objetivo de prevenir e combater todos os tipos de violência ou violação de direitos a partir de atendimento especializado pautado na psicologia analítica e na arte africana.

A metodologia Adinkras utiliza ideogramas africanos do povo Akan para incentivar as mulheres a escreverem suas histórias, divididas em quatro partes: a história da violência vivenciada; a vida após o rompimento do ciclo de violência; os sonhos para o futuro e como alcançá-los de forma efetiva. O projeto foi desenvolvido pela psicóloga Joseane Nazário, do Creas de Forquilhinha, e será apresentado no 4º Fórum de Direitos Humanos e Saúde Mental, que acontecerá na Universidade Federal da Bahia de 20 a 22 de junho deste ano.

“Nos atendimentos realizados no setor de oficialato da infância e juventude, após a participação das vítimas no Adinkras, percebemos uma mudança significativa no comportamento e na atitude das mulheres, com especial destaque para a elevação da autoestima, decisões, mudança de hábitos e autonomia financeira”, garante Anaira Zapelili, servidora lotada naquela unidade.

Contape
Dengo Produtos de Limpeza
Thiago Auto Lavação
Maderonchi
Net Lider
Sabor D,Italia

As mulheres, segundo ela, elogiaram muito o grupo e o projeto, com expectativa de sua ampliação ao longo deste ano.

Francine Ferreira – Ângelo Medeiros

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo