Região

Bebidas e farinhas à base de arroz se tornam aliadas na alimentação para autistas

Além de hipoalergênicos, os produtos podem ser utilizados na dieta sem glúten e sem caseína, que é recomendada para as pessoas que possuem TEA.

Ainda nos primeiros anos de vida, todos passam pela introdução alimentar. Nesta etapa, alguns comem de tudo, já para outros a ingestão de algum alimento não desejado pode se tornar um motivo de choro. Para crianças com o transtorno do espectro autista (TEA), essa seletividade é ainda maior. Por isso, nesses casos, dispor de uma alimentação saudável e rica em nutrientes impacta diretamente no quadro comportamental do indivíduo.

Na maioria dos casos, indica-se uma dieta sem glúten e sem caseína – proteína do leite –, uma vez que muitos autistas possuem uma hipersensibilidade intestinal. E para não excluir as receitas que tradicionalmente iriam leite ou farinha de trigo, as bebidas vegetais e farinhas à base de arroz se tornam ótimas aliadas na alimentação, trazendo infinitas possibilidades de pratos nutritivos e benéficos para a saúde.

Maderonchi
Net Lider
Contape
Dengo Produtos de Limpeza
Posto Bravo

“A base arroz é neutra. Sendo assim, não deixa nenhum residual na boca, facilitando a utilização em receitas doces e salgadas. A RisoVita possui diversos sabores de bebidas e farinhas, justamente para oferecer inúmeras opções aos consumidores dos produtos”, explica o gerente nacional comercial da RisoVita, Jorge Amaral.

O TEA – caracterizado por um déficit na comunicação e interação social, bem como padrões restritos e repetitivos de comportamento – geralmente é diagnosticado entre os dois e três anos, mesmo período em que os pequenos vivenciam o primeiro contato com outra fonte de energia que não seja o leite materno. Diante disso, oferecer uma alimentação variada e nutritiva desde cedo contribui para driblar essa recusa do autista a algumas comidas.

“Os autistas possuem uma propensão maior para alergias, por isso, inserir produtos hipoalergênicos ajuda a evitar esses problemas inflamatórios. Além disso, alimentos com base vegetal contribuem para uma alimentação equilibrada e, consequentemente, melhoram o comportamento dessas pessoas, tirando um pouco da agitação”, aponta Amaral.

No mundo, uma a cada 160 pessoas possui o TEA, conforme dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2017. Dessa forma, a estimativa é de que no Brasil existam aproximadamente 2 milhões de autistas. Como forma de amenizar os sintomas, ter bons hábitos alimentares contribui para o equilíbrio de algumas funções cerebrais que, quando desreguladas, acentuam o autismo.

“Antigamente, quando existiam menos pontos de distribuição das bebidas vegetais ou das farinhas à base de arroz, muitos pais faziam caravanas para comprar, já que era um alimento que se fazia presente em diversas refeições e possuía grande aceitabilidade pelos autistas. Atualmente, temos trabalhado para levar a RisoVita para o maior número de regiões e estados do país, para que o acesso aos produtos se torne cada vez mais facilitado ”, afirma o gerente nacional comercial da RisoVita.

Sobre a RisoVita

Fruto da inovação e diversificação, a RisoVita surgiu no ano de 2014 por conta da grande visão de futuro e vasta experiência no beneficiamento e produção de arroz da empresa Fumacense Alimentos. Aliada à tecnologia europeia de ponta e equipamentos modernos, a marca tornou-se pioneira na América Latina com o início da produção de bebidas vegetais à base de arroz.

Com produtos nacionais e de excelente qualidade, os alimentos são produzidos a partir dos grãos deste cereal. Devido a crescente procura por alimentação saudável, a RisoVita aumentou seu mix de produtos e hoje encontram-se disponíveis as bebidas vegetais líquidas e em pó, farinhas de arroz e misturas para pães e bolos.

Em 2021, com o intuito de oferecer um produto ainda mais saudável para seus consumidores, a RisoVita lançou a sua primeira linha orgânica. Os primeiros produtos disponibilizados nas prateleiras dos supermercados foram a farinha de arroz e a bebida vegetal à base de arroz nos sabores original e de coco. Os novos alimentos não possuem nenhum aditivo químico, encaixando-os perfeitamente na categoria Clean Label e Plant-Based.

Redação – Catarina Bortolotto

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Marka final pauta
Dengo Produtos de Limpeza
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo