Raríssima Cabeçalho
Educação

Bairro da Juventude conquista Prêmio Itaú-Unicef Regional Sul e é finalista na categoria nacional

É a segunda vez que a entidade recebe o reconhecimento da fundação.

Dengo Produtos de Limpeza
Coopera
Raríssima lateral
Maderonchi

O Bairro da Juventude foi o campeão da 12ª edição do Prêmio Itaú-Unicef, Regional Sul (SC/RS/PR) e é finalista na etapa nacional, que acontece no próximo mês. A premiação aconteceu na última semana em São Paulo, em um evento realizado pela organização.

Criado em 1995, O principal objetivo do Prêmio Itaú-Unicef é reconhecer, estimular e dar visibilidade ao trabalho em parceria de OSCs e escolas públicas, para a educação integral de crianças, adolescentes e jovens brasileiros.

Conforme o coordenador pedagógico do Bairro da Juventude e da escola Padre Paulo Petruzzellis, Neto Nunes, a seleção dos projetos foi feita por uma comissão avaliadora do banco Itaú e o prêmio teve como temática: Educação integral – parcerias em construção. “Temos uma escola municipal dentro do Bairro, isso faz com que possamos participar de prêmios tão importantes como este, que busca mobilizar a sociedade civil para a importância de sua participação no desenvolvimento de ações que promovam a educação integral”, declara o coordenador.

Ao todo foram mais de 1,6 mil projetos inscritos de escolas que trabalham com ações destinadas a crianças, adolescentes e jovens entre 6 e 18 anos em condições de vulnerabilidade social. “Estamos honrados em chegar a esta etapa novamente, em 2006 também conquistamos o primeiro lugar da Regional Sul e fomos para a final nacional. Receber esse reconhecimento nos faz continuar perseguindo e lutando diariamente pelas 1,5 mil crianças e adolescentes atendidos pelo o Bairro. Nossos colaboradores e parceiros estão muito orgulhosos”, revela o diretor técnico e de projetos do Bairro, Anézio Luiz de Souza.

Recentemente a instituição também foi reconhecida, em São Paulo, como uma das melhores Ongs do Brasil pelo Instituto Doar e Revista Época.

Francine Ferreira – Luana Mazzuchello


Topo