Anuncie Aqui
Colunistas

O ano de 2017 dos Poderes Executivo e Legislativo

O ANO DO EXECUTIVO

Um 2017 de aprovação

O prefeito Dimas Kammer termina 2017 com uma notícia mais que positiva para seu primeiro ano frente à Administração Municipal de Forquilhinha. Uma avaliação feita pelo Instituto de Pesquisas da SATC com 400 pessoas, entre os dias 6 e 8 de dezembro, determinou que 76,75% dos munícipes aprovam as ações do atual governo.

As secretarias também tiveram avaliação positiva: a Agricultura obteve 66% de aprovação; a Assistência Social, 79%; a Educação, 81%; e a Cultura, Esporte e Turismo, 74%. Já os serviços de coleta de lixo foram aprovados por 95% dos entrevistados; as escolas e creches por 72%; e a iluminação pública por 93%.

Car Vision
Up Treinamento
Contape
Neoprint
Spilere Serralheria
Maderonchi

Um 2018 da saúde

Para o próximo ano, a pesquisa determinou que o setor elencado pelos forquilhinhenses como prioridade deve ser o da saúde, com 41% das opiniões. Em seguida aparecem os pedidos por investimentos em segurança pública, com 19%; e a criação de empregos, com 14%.

O fim das filas I

Uma das promessas da Administração Municipal é acabar com as filas de espera nas creches da cidade. Para tanto, em 2017 foram investidos recursos na ampliação do Centro de Educação Infantil do Bairro Saturno, e na construção de uma escola no Loteamento Jardim Eldorado, Bairro Santa Líbera.

Além disso, visando atender mais 220 crianças em período parcial, devem começar na próxima semana as obras de implantação de uma nova creche, dessa vez na Santa Cruz. A ordem de serviço já foi assinada e a estrutura contará com oito salas de aula, sala para atividades, playground, refeitório, auditório, sala de professores, secretaria e depósito.

O fim das filas II

Na saúde, com o início do funcionamento da Clínica de Especialidades e contratação de médicos especialistas, nesse ano Forquilhinha deu um salto na busca por zerar as filas de espera para consultas e exames pelo Sistema Único de Saúde (SUS). E buscando mais transparência no serviço público, todas as listas de espera foram disponibilizadas à população, que agora pode acompanhar o andamento da fila via internet.

O fim do 24 horas

O teste foi realizado durante alguns meses, mas a Administração Municipal optou por não manter o serviço 24 horas no Pronto Atendimento de Forquilhinha, alegando baixa procura durante as madrugadas e um atendimento que custava, em média, R$ 3 mil por pessoa quando realizado.

Segundo um levantamento feito pela Secretaria de Saúde, de janeiro a outubro deste ano foram realizados 32.655 atendimentos, com apenas 2.234 no período da meia noite as 7h da manhã, e sendo apenas 9,5% de situações de urgência e emergência. Assim, optando pela nova mudança, o horário de funcionamento passou a ser das 5h30min até a meia noite de segunda-feira a sábado, e das 6h à meia noite nos domingos e feriados.

Expectativas e desafios

Para o próximo ano, a expectativa é grande pela liberação de dois recursos em específico: R$ 15 milhões do Programa Avançar Cidades, do Governo Federal, para melhorarias na mobilidade urbana; e mais R$ 3 milhões do Fundam, a serem disponibilizados pelo Governo do Estado para obras de infraestrutura.

Por fim, na área econômica, tratativas iniciais devem ser mais discutidas e quem sabe até consolidadas, com instituições de ensino, para a implantação de uma incubadora tecnológica em Forquilhinha. O objetivo é, com isso, fomentar instalação de empresas dessa área na cidade.

O ANO DO LEGISLATIVO

Devolução histórica

A Câmara de Vereadores de Forquilhinha fecha 2017 com um valor histórico sendo devolvido à Administração Municipal. Ao todo, o Legislativo economizou R$ 750 mil. O montante é maior que os R$ 442 mil que voltaram ao Executivo em 2016, que os R$ 386 mil de 2015, R$ 615 mil de 2014 e R$ 493 mil de 2013.

Parte do valor já havia sido devolvido ao longo do ano: R$ 110 mil em abril, que foram destinados à área da saúde, para zerar a fila de espera por consultas e exames pelo Sistema Único de Saúde (SUS); e outros R$ 20 mil para serem investidos na ampliação do número de câmeras de vídeo monitoramento da cidade.

Programa Cidadania

Um dos principais projetos do Legislativo no ano foi a implantação do Programa Cidadania. Em 2017, em torno de duas mil crianças, de primeiro ao quinto ano das escolas municipais, estaduais e particular de Forquilhinha, participaram do “Estudante Cidadão”, com o primeiro Concurso de Desenho e Redação. Nove escolas receberam baús didáticos para incentivar a hábito da leitura e os alunos foram estimulados, através de um teatro, a pensar no futuro da cidade onde moram.

Para 2018, o objetivo é trabalhar mais no programa, em três vertentes: ampliar o projeto “Estudante Cidadão” para os alunos do Ensino Fundamental 2; e implantar o “Parlamento Jovem”, para turmas de Ensino Médio, e o “Cinema na Câmara”, para entidades e comunidade em geral.

O trabalho dos vereadores

No decorrer dos meses de 2017, os vereadores de Forquilhinha protocolaram 170 indicações e 58 requerimentos. Além disso, aprovaram dois importantes projetos de emenda à Lei Orgânica: um que proibiu o voto secreto e passou a obrigar que todas as votações ocorram de maneira aberta na Câmara; e outro que diminuiu o tempo de férias dos vereadores de 45 para 30 dias no ano.

Além disso, destacaram-se, também, a aprovação de alguns projetos de lei, como o que oficializou a criação do Bairro Linha São José, em Forquilhinha; e o que instituiu a criação de um banco de empregos voltado especificamente para mulheres vítimas de violência doméstica.

Ampliação e infraestrutura

Também neste ano, o Legislativo fez algumas obras em sua sede, como adequações no plenário, ajardinamento, calçadas e melhorias no entorno, além de contribuir com as obras da prefeitura de ampliação do estacionamento do Paço e da Câmara.

Tecnologia como aliada

Visando aproximar ainda mais a comunidade do Poder Legislativo, reforçando o real papel dos vereadores no município, a Câmara implantou em 2017 as transmissões das sessões ao vivo, via Facebook. A ideia tem dado certo e gerado, em média, de 800 a 900 visualizações em cada encontro transmitido pela rede social.

Primeiro ano do presidente

Eleito como vereador pela primeira vez como o mais votado no pleito de 2016, Maciel Da Soler assumiu sua cadeira na Câmara já como presidente do Legislativo. Entre sessões tranquilas e conturbadas, conseguiu comandar os trabalhos da Casa sem grandes percalços durante 2017.

E para o início de 2018, já planeja uma volta aos trabalhos com bastante debate, uma vez que estão passando por análise do setor jurídico da Câmara e devem começar a devida tramitação em fevereiro, diversos projetos de lei. Entre os temas, a retomada da polêmica extinção do feriado de Santa Barbara em Forquilhinha; a instituição do dia do padroeiro Sagrado Coração de Jesus; a concessão de benefícios em tributos e impostos a quem construir qualquer tipo de edificação em estilo germânico; e melhorias para a área de Assistência Social.

Foto: Eliane Gonçalves


E-mail lateral
Anuncie FN 2017
Spilere Serralheria G
Marka final pauta
Coopera Rodapé

Portal Forquilhinha Notícias. Acompanhe os fatos mais importantes de Forquilhinha em Santa Catarina assim que eles acontecem.

Copyright © 2016 Forquilhinha Notícias.

Topo