Raríssima Cabeçalho
Região

Agentes penitenciários e técnicos iniciam Curso de Formação em Criciúma

A Academia de Justiça e Cidadania (Acadejuc) realizou na terça-feira, 7, no auditório da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), em Criciúma, a solenidade de abertura do curso de Formação Inicial para agentes penitenciários e técnicos Admitidos em Caráter Temporário (ACTs). O curso terá a duração aproximada de 45 dias com um total de 244 horas/aula.

Raríssima lateral
Contape
Cia da Saúde
Dengo Produtos de Limpeza

“Desde que assumimos a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) temos investido em treinamento e capacitação”, destaca a secretária de Estado da Justiça e Cidadania. “Isso só é possível com a Acadejuc, que foi instituída na nossa gestão, e por meio de um corpo técnico cuidadosamente selecionado possibilita a formação adequada de cada um dos profissionais que atuarão ou atuam dentro de uma unidade prisional”, complementa a secretária.

A Formação Inicial foi concebida para desenvolver habilidades necessárias ao desempenho das atribuições inerentes ao cargo de agente ou técnico. “Durante as aulas, teóricas e práticas, os alunos terão acesso a diversos conteúdos como Rotinas Administrativas; Defesa Pessoal e Direitos Humanos”, explica o diretor da Acadejuc, Rafael Fachini.

Com a conclusão do curso no dia 15 de dezembro, do total de 111 agentes penitenciários, oito serão distribuídos no Presídio Regional de Araranguá; 23 no Presídio Regional Santa Augusta; e 80 na Penitenciária Feminina de Criciúma (66 mulheres e 14 homens), além dos 11 servidores que vão integrar o corpo técnico (2 psicólogos; 2 assistentes sociais; 1 enfermeiro, 1 dentista, 1 técnico em enfermagem; e 3 técnicos administrativos).

Distribuição nas unidades prisionais

  • 8 agentes penitenciários para Presídio Regional de Araranguá
  • 23 agentes penitenciários para o Presídio Regional Santa Augusta
  • 80 agentes penitenciários para Penitenciária Feminina (66 femininas e 14 masculinos)
  • 11 servidores para corpo técnico da Penitenciária Feminina
Francine Ferreira – Denise Lacerda


Topo